Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

Um espaço destinado a formar e informar.
Aqui defendemos os valores tradicionais,
a liberdade, a democracia constitucional
e o regime de livre empresa.

Espaço de formação e
informação a serviço da
dignidade humana,
da liberdade, da democracia
e dos valores tradicionais.

O bom liberal sabe que
há princípios e valores que
se deve conservar.
O bom conservador
deve ser um defensor
das liberdades.

Foto: Nadia Raupp Meucci

POBRES E RICOS, PEQUENOS E GRANDES

por Percival Puggina. Artigo publicado em 29.09.2014
Circula na rede um pequeno vídeo de quatro minutos no qual Margaret Thatcher, em sessão da Câmara dos Comuns, é contestada por um parlamentar do Partido Trabalhista que acusa seu governo de haver a ...

Cadastre-se e receba a Newsletter

Fique Sabendo

SOCORRO!


Percival Puggina


Assisti ao debate dos candidatos ao governo estadual do Rio Grande do Sul, realizado ontem na RBS TV. Em dado momento, comentando através do twitter as perguntas e respostas com que os candidatos disparavam rajadas desde as respectivas trincheiras, cheguei a gritar por socorro. Socorro!

O que estava em disputa, ali, era um pedaço do futuro do Rio Grande. Felizmente só um pedaço porque a maior parte desse futuro passa por outras vias através da ação dos indivíduos na busca dos próprios objetivos. Mas há uma parcela que corresponde, sim, ao Estado. Boa parte das discussões que foram além da troca de acusações sobre a honorabilidade dos participantes centraram-se na questão fiscal e na dívida com a União. A esse respeito, sem ser contestado, Tarso Genro anunciou, alto e bom som, que reduzir a dívida seria indispensável para abrir espaço a novos endividamentos. Socorro!

Ficou nítido, por outro lado, que o PT trabalhou o significado e o efeito emocional de certas palavras sobre as pessoas com tal competência que o efeito petista desses vocábulos acabou aceito reconhecido até pelos seus concorrentes. Assim, no Rio Grande do Sul, empresário, grande empresa, capital, privatização, lucro, pedágio são termos que viraram palavrão, coisa feia, que não se pronuncia em casa de família que se respeite, mormente em época de eleição. Socorro!
 

Imagem Comentada

 

 

QUEM CONTROLA?

Pesquisando sobre o ensino de Medicina em Cuba, para agregar um capítulo a respeito desse tema à futura nova edição do meu livro "A tragédia da utopia", deparei-me com a informação de que, em data imprecisa (a matéria original, do site Defesa.net menciona "algumas semanas atrás"), oficiais brasileiros haviam encontrado e fotografado um agende de Saúde cubano dedicado a fazer propaganda castrista numa loja maçônica no interior da Paraíba. Aquele não era o local nem o município onde deveria estar o médico Jesús Velázquez, designado para o sertão pernambucano. O cubano foi interrogado e o fato notificado à Superintendência da Polícia Federal de João Pessoa.


 O mapa acima, um trabalho da revista Veja, mostra a distribuição no território brasileiro dos 14 mil médicos cubanos que aqui trabalham e dá uma boa ideia da capacidade de mobilização política que também se pode esperar desse exército infiltrado em solo pátrio com entusiasmada recepção pelo governo brasileiro. 
 

Vídeos Recentes

A famosa "representação das minorias" e o total desarranjo da política e da representação parlamentar.

Alguém duvida que vai ficar por isso mesmo? Que a presidente dirá que é um absurdo? E que perguntará "Quem acredita nisso?"

Reunião de "serviço" dos Correios para pedir votos para a reeleição de Dilma e para o candidato ao governo de Minas pelo PT, Fernando Pimentel.

Tarso Genro, co-autor de "Lênin, corações e mentes",  lamentará, com certeza, estas cenas.