Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

COMPANHEIROS, PEÇO A PALAVRA

por Paulo Briguet. Artigo publicado em

 

(Publicado originalmente na Folha de Londrina)

 

— Companheiros, eu venho do futuro. Não lhes tomarei muito tempo. Estou aqui exclusivamente para lhes dar uma informação. Sabem esse homem que vocês tanto admiram, que vocês tanto defendem, que vocês sonham em ver na cadeira presidencial? Pois é, amigos: este homem um dia será condenado a nove anos e meio de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Os mais engraçadinhos dirão que é um ano de prisão por cada de seus dedos das mãos, mas eu não vou compartilhar a pilhéria; para mim, trata-se um assunto sério, muito sério.

Vocês devem achar que eu estou louco. Quem sabe pensem que eu sou um agente a serviço da burguesia ou um saudosista da ditadura militar. Não é nada disso, amigos. Estou aqui exclusivamente para evitar que, daqui a alguns anos, vocês sintam vergonha de si mesmos ao lembrar que fizeram campanha para este indivíduo ou para seu partido. 

Saibam, meus amigos, que daqui a 28 anos boa parte dos líderes do partido estará ou na prisão em vias de ir para a cadeia. Este sonho revolucionário que começou com presos políticos terminará com políticos presos.

Não me olhem assim, companheiros. Se vocês me derem ouvidos agora, saibam que daqui a alguns anos agradecerão por eu ter vindo hoje. Vocês deixarão de passar vergonha defendendo corruptos que se utilizam da miséria do povo para ganhar dinheiro e poder em quantidades jamais vistas. Vocês deixarão de apoiar uma organização criminosa que se une ao que existe de pior na humanidade para garantir seu domínio sobre as pessoas comuns. Vocês deixarão de ser cúmplices da transformação do Brasil no país mais assassino e analfabeto do mundo.

Enquanto vocês ficam aí discutindo autonomia universitária e ensino gratuito — mesmo que a maioria aqui tenha dinheiro sobrando pra pagar universidade, era só gastar menos com cerveja! —, os companheiros do seu amado partido vão fazer aparelhamento da máquina estatal e instalar o maior esquema de corrupção da história da democracia ocidental... Não sejam cúmplices desse crime, meus amigos. Ouçam a voz de quem viu e sofreu o futuro!

E você aí, cabeçudo. Você mesmo! Deixe de perder seu tempo com essas intermináveis reuniões políticas que não levam a nada, e vá estudar! Vá pesquisar um pouco sobre os crimes do socialismo, sobre o sistema mais cruel e genocida que já existiu sobre a face da terra! Sabe esse muro que está ruindo lá na Europa? Pois o seu querido candidato quer reconstruí-lo aqui na América Latina, rapaz! Tome jeito nessa vida! Corte esse cabelo e ocupe a biblioteca!

Era isso que eu tinha a dizer, rapazes. Essa era a minha questão de ordem na assembleia do tempo. Agora, preciso voltar a 2017, porque as coisas podem ficar feias por lá. Certa vez alguém disse que o Brasil é o país do futuro. Pois essa pessoa se esqueceu de dizer que o futuro era nebuloso. Adeus!

(...)

— Quem era o maluco? Será que ele usou algum tipo de droga nova? Bom, vamos retomar a nossa pauta sobre o Restaurante Universitário... Quem está inscrito? Companheiro Paulo, a palavra é sua.
 

Compartilhar

Artigos