Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

Artigos de outros autores

Voltar para listagem

RESISTÊNCIA BRASILEIRA

por Gilberto Simões Pires, em Ponto Crítico. Artigo publicado em

 

LA RESISTENCE
O Brasil, guardadas as devidas proporções, vive um momento que mostra uma certa similaridade com o movimento -LA RESISTENCE- , formado por homens e mulheres francesas que lutaram contra as forças nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.
 


RESISTÊNCIA BRASILEIRA
Aqui, a RESISTÊNCIA é formada por aqueles que, independente de gostarem ou não do presidente Bolsonaro, estão vendo o nosso empobrecido Brasil sendo brutalmente atacado pela descomunal força do STF, que já jogou por terra a HARMONIA e INDEPENDÊNCIA DOS PODERES, como reza o artigo 2º da Constituição Federal.
 


GUARDIÃO DA CONSTITUIÇÃO
Os RESISTENTES, que antes de tudo amam o Brasil e só querem ORDEM e LIBERDADE para que o país possa, enfim, crescer e se desenvolver, já deixaram bem claro que não querem o fim da Suprema Corte. Querem, apenas, que o STF cumpra o dever -constitucional- que lhe compete, qual seja de GUARDIÃO DA CONSTITUIÇÃO, conforme definido no art. 102 da CF.
 


MAIS DO QUE ÓBVIO
Ora, qualquer pessoa que seja dotada de razoável senso de justiça e/ou capacidade de raciocínio, por mais que não tenha formação em Direito Constitucional, não tem dúvida de que os 11 ministros do STF assumiram uma clara posição que tem por objetivo ACABAR DE VEZ com o atual governo e suas pretensões de transformar o Brasil num país mais justo e melhor para todos. Isto está mais do que óbvio.
 


INTERVENÇÃO
Faço questão de deixar bem claro que ao contrário do que muita gente pensa, principalmente a grande mídia, não sou a favor de INTERVENÇÃO MILITAR para governar o país. Luto e, portanto, sou totalmente a favor da INTERVENÇÃO no STF, que cometeu o grave crime de QUEBRAR com a importante e necessária HARMONIA ENTRE OS PODERES.
 


SIMILARIDADE
Resumo: na similaridade que existe entre a RESISTÊNCIA FRANCESA e a RESISTÊNCIA BRASILEIRA, o que temos é o seguinte: os franceses contaram com as Forças Aliadas para vencer os nazistas; os brasileiros tem o artigo 142 como grande aliado para vencer o STF. De novo: não quero INTERVENÇÃO MILITAR para governar o Brasil. Quero, como RESISTENTE, a INTERVENÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS no STF para que o PODER EXECUTIVO possa governar o Brasil.

 

Compartilhar

Artigos de outros autores