Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

Artigos do Puggina

Voltar para listagem

A PRESIDENTE ESTÁ BRABA

por Percival Puggina. Artigo publicado em

 

 

 A presidente Dilma veio às falas e se declarou indignada. Ela, indignada. E nós, o quê? Nós, constrangidos a conviver com recessão, inflação e corrupção.  Nós, sentenciados a acatar aumentos de impostos, solução indicada por quem sequer entendeu a natureza do problema. Somos notificados, nós, em cadeia nacional, de que a presidente está braba...

 Ora, leitores, o Brasil cansou de Dilma, do seu partido, das enrolações, das mentiras e das mistificações que mantêm o PT no poder.

Hoje à tarde, quinta-feira (3), assisti a leitura do pedido de impeachment ao plenário da Câmara dos Deputados. Estarrecedora a lista de crimes de responsabilidade fiscal praticados pelo governo! Na origem de cada um deles a mesma motivação: ocultação da realidade, dissimulação dos fatos, enganação. A tais práticas, lembremo-nos, era dado o nome de “contabilidade criativa”. Valha-nos Deus!

A presidente espera enfrentar a crise acusando a oposição de conspirar contra o interesse público. Mas quem agiu prolongada e determinadamente contra a nação, olhos postos apenas no interesse próprio e nas parcerias ideológicas? Quem fez o diabo e todos os diabinhos possíveis para vencer a eleição gerando o caos subsequente, jogando o país em mais uma década perdida?

O Brasil precisa de união nacional para enfrentar a crise. A presidente não perdeu apenas 70% dos votos que fez no ano passado. Por não respeitar o interesse público, por valorizar mais a reeleição do que o bem do país, ela perdeu o respeito do país. E não há, tampouco, como seu partido unificar qualquer coisa politicamente consistente. Enquanto o governo jogava o país na valeta da estrada por onde outros avançam, o partido governante entesourava e tratava de dedicar o Estado, o governo e a administração à tarefa de construir conflitos e impor suas pautas.

A unidade, em torno de Dilma Rousseff, só pode ser na tarefa de nos enganarmos uns aos outros para que, ao final, estejamos todos vivendo o mesmo delírio. E a unidade, em torno do PT, é a guerra de todos contra todos, é a simultaneidade dos ódios provocados e a explosão de todos os conflitos existentes, inventados e ainda por inventar.
O impeachment no qual o país depositou suas esperanças neste ano que chega ao fim foi posto em marcha. Ao longo das próximas décadas estaremos falando destes dias, destas semanas, e saberemos que, em 2015, o povo brasileiro mobilizou-se para que se cumprisse a Constituição e fossem afastados do poder aqueles que se uniram na mentira e nela se abastaram.

Tanto semearam divisão que acabaram unindo o país contra si.

________________________________
* Percival Puggina (70), membro da Academia Rio-Grandense de Letras, é arquiteto, empresário e escritor e titular do site www.puggina.org, colunista de Zero Hora e de dezenas de jornais e sites no país, autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia; Pombas e Gaviões; A Tomada do Brasil, integrante do grupo Pensar+.

 

 

Compartilhar

Comentários

Áureo Ramos de Souza .

Se formos analisar só pelo que foi demonstrado polo ex petista Helio Bicudo encontramos veracidades e se pudessem colocar tudo o que aconteceu no Mensalçao, Lava Jato e outros assaltos que culminou com a irresponsabeilidade de nossa presidente. Nao vamos aqui por todo o fardo em cima dela , mas se lea era a presidente da Petrobras, não sabia de nada e porque o filho do Lula tornou-se um rico empresário em tão ´pouco tempo. E tem outra porque Lula se mete tanto sem ser nada apenas ex. Lula é um comunista e sua Venezuela agora vai estrar no eixo certo. Tudo que Dilma e Lula fez foi ACABAR COM O PAÍS. E agora a SAMARCO que é dirigida pela Vale tinha até 2021 para terminar a barragem e porque já estava pronto e deu no que deu. Poxa não é possivel que não exista um brasileiro que queira trabalhar em prol deste país. E eu só tenho é que ler o que o Percivel pública e ficar raivoso pois não posso fazer nada pois não sou da nem ex.

Genaro Faria .

Viva a liberdade! A Venezuela seguiu a corrente que vai levar do continente o "socialismo do século XXI", codinome do velho e mau comunismo de sempre. O placar da eleição desse domingo, dia 06, foi tão arrasador quanto a goleada que a Alemanha aplicou na Canarinha: 99 x 46. E certamente vai fazer rodar com mais força o moinho do impeachment aqui no Brasil. Não há mal que sempre dure nem bem que nunca se acabe. FORA PT!

PauloSalino .

Está formatado em Brasilia, um ciclo político vicioso corrupto em todos os níveis e parcerias privadas, e , direcionado para todos os Estados e Municípios, com Gestões Públicas fraudulentas e corruptas......SOS BRASIL!!

Gustavo Pereira dos Santos .

Bom vê-lo a bordo novamente, Dr. Percival. Não consigo conter minha alegria de lê-lo, a escrita elegante e contundente de sempre. Leio e, em seguida, publico na minha linha do tempo no FB, na esperança de atingir todos os brasileiros. Estou com 420 amigos no FB (alguns são inimigos) e o NOVO vai de vento em popa. Comemoramos o 1º milhão de seguidores no FB. https://www.facebook.com/partidonovo

Joma Bastos .

O Brasil cansou de Dilma, das enrolações, das mentiras e das mistificações que mantêm a maioria dos políticos no poder. O Brasil cansou da corrupção política, seja qual for a sua cor partidária. O Brasil cansou de ser uma Nação potencialmente rica, mas socialmente pobre, com estruturas e infraestruturas insuficientes para a educação, saúde e logística de transportes. Até quando este Brasil permanecerá subdesenvolvido?

Geremias .

Sinto o cheiro de conspiração no ar! Não é muito estranho os deputados petistas encurralarem Eduardo Cunha, sabendo que este tinha o poder de aceitar o Impeachment de Dilma? Isso não seria caso pensado, uma vez que quase tudo no Brasil está aparelhado ao governo do PT? Concluo o que penso: Se Dilma escapar deste Impeachment o PT vai se fortalecer e ninguém o tirará mais do poder!

Odilon Rocha .

Pois é, caro Professor Nós é que no próximo dia 13 deveremos, em pirncípio, - ao menos, eu penso assim - mostrar quem está brabo. E temos toda a razão. Aliás, muito mais do que ela. Infelizmente, como bons brasileiros dormindo em berço esplêndido, lenientes por natureza, aguardando que um ente externo desça dos céus, em uma carruagem de fogo, lança na mão, e tudo resolva, creio que não far-se-á coro o suficiente para mostrar quem é que está muito brabo. Essa seria a última demosntração de insatisfação do ano. Deveria ser para sacudir. Eu duvido. Mas lá estarei, eu e a minha esposa. Torço para estar enganado. Abraço

José Nei de Lima .

Chega de PT meu amigo, tá hora de nossos Representantes nas Câmaras Alta e Baixa, pois o verdadeiro papel de cada um é defender os Interesses, o Povo está cansado de promessas devemos trabalhar mais, um bom fim de semana meu amigo um grande abraço.

paulo assis valduga .

estimado Puggina, seu comentário foi mais que um comentário, foi um diagnóstico preciso e precioso. dilma e o pt pintaram e bordaram e querem, junto com lula, que pagamos a conta !!! isso sim que se chama ... GOLPE !!!

Genaro Faria .

Comete-se à luz do dia, dia após dia, uma enorme covardia com o povo brasileiro. O cidadão comum que mal sabe falar português, que dirá esse "grego". E os demagogos não perdem tempo. Falam a língua que eles não entendem, traduzindo "rifle de caçar rolinha por bife de caçarolinha". Ou coisa pior. Como esperar que esse eleitor, que é a imensa maioria dos brasileiros, vote com lucidez e segundo sua consciência?

Genaro Faria .

O que significa para o cidadão comum saber que o PIB caiu um, dois, três por cento? Nada. Que a taxa Selic subiu mais meio, um, ou até dois pontos percentuais? Nada. Que nossa nota foi rebaixada do grau de investimento para o de risco? Nadica de nada. "Grau de investimento? Que bicho é esse?" É aqui que o bicho pega. Não, não é porque nosso povo tem, digamos, muito pouca intimidade com a economia. O bicho pega é porque poucos políticos têm pouca intimidade com o povo. A não ser os demagogos que traduzem com a barraca da feira, as gôndolas do supermercado, a baixa na carteira de trabalho e a prestação que não cabe mais no salário o que significam depressão econômica, inflação monetária, credibilidade financeira. "Isso é grego ou é coisa de passar no cabelo?" Comete-se à luz do dia, dia após dia, uma enorme covardia com o povo brasileiro. O cidadão comum q

Dalton Catunda Rocha .

Há mais de uma no atrás, eu escrevi este texto: "Comandante do Impeachment de Collor em 1992, Ibsen Pinheiro, certa vez disse que Impeachment pode ser só duas coisas: 1- Absolutamente inevitável. 2- Absolutamente impossível. No caso de Dilma, a segunda opção é indiscutível. Quem como eu, acompanhou de fato o Impeachment de Collor, em 1992, verificou que: 1- Collor nunca comprou o Congresso. Dilma seguiu Lula, FHC e Sarney. Foi isto; comprar o Congresso, a primeira coisa que ela fez, uma vez no poder. 2- Collor derrotou todos os grandes políticos da época(1989), na sua luta pela presidência: Lula, Brizola, Covas, Maluf, Ulisses Guimarães, etc. Eles se vingaram, quando puderam. Dilma nunca teve nenhuma figura, que a quisesse derrotar, em 2010. Serra serviu de palhaço e só foi ao segundo turno, por conta de Marina. Nem Serra queria derrotar Dilma, em 2010. 3- Collor se elegeu, pelo já extinto PRN, um "partido" mais frágil, que uma bolha de sabão. Já Dilma tem o apoio não só do poderosíssimo PT, como também do PMDB, sendo sua base partidária hegemônica no Congresso. 4- Collor governou contra as estatais, os empresários protecionistas fazedores de carroças, os BNDESários, os governadores corruptos,etc. Já Dilma não sabe viver, sem esta gente. Eike Batista, que o diga. 5-Collor governou contra o MST, a CUT, a OAB e a UNE. Já Dilma sempre despejou somas inimagináveis, principalmente no MST. Impossível a UNE ou o MST organizar uma manifestação contra Dilma. 6- Collor sempre reduziu o número de funcionários públicos, mantinha menos de 12 ministérios civis e, privatizou mais de 15 estatais. Dilma empregou cada vez mais gente, não privatizou nenhuma estatal e criou várias estatais. Dilma mantém 38 ministérios civis, contra menos de 15 ministérios civis sob Collor. Empregos públicos são fontes de poder. D. João VI e D. Pedro I já sabiam disto. Não foi à toa que Collor tanto se destaca por ser o único governante a receber Impeachment, como por ser o único governante do Brasil, a reduzir o número de empregos públicos em seu governo. 7-Collor reduziu de maneira importante o apoio brasileiro ao Iraque, Irã, Cuba,Nicarágua,etc. Já Dilma segue Lula, apoiando os cleptocratas anti-semitas da Venezuela, Cuba,Irã, etc. A esquerda trocou Marx por Maomé. E cada “empréstimo” (nunca será pago) à Cuba, Venezuela,etc. tem alguém que “mama” dentro e fora do Congresso. 8- Collor governou sob inflação e indexação, tendo aliás herdado uma hiperinflação de juros de 200% ao mês do lulista José Sarney. O Plano Real ainda mantém inflação e juros, sob relativo controle para Dilma. 9- Collor extinguiu o assistencialismo do ticket de leite e, extinguiu a entidade assistencialista LBA. Dilma comanda o maior (e mais caro) programa de assistencialismo da história do Brasil. Os imperadores de Roma já sabiam, que o povo queria pão e circo. 10-Collor foi o único governante a ter tentado extinguir os privilégios sindicais, que vem desde a ditadura Vargas, em 1930. O PT foi fundado no sindicalismo varguista e, Dilma tem total apoio dos sindicatos, não apenas por ser do PT, mas por apoiar plenamente os privilégios dos sindicalistas. 11- Collor nunca comprou o apoio da Mídia, nem com verbas publicitárias, nem com “empréstimos” de bancos oficiais, que os donos de jornais e redes de televisão, não precisam pagar. Compare isto com Dilma, que é recordista de gastos publicitários me nossa história, superando o segundo lugar, que é Lula. FHC fica em terceiro lugar, em gastos reais por ano. 12-Collor teve contra ele, o testemunho do próprio (e louco) irmão mais o testemunho de Renan Calheiros e outros tantos lulistas. Enquanto isto, Dilma tem contra ela, apenas o testemunho de alguns bandidos confessos. Em suma. São mundos absolutamente diversos. O Impeachment de Collor em 1992 era, absolutamente inevitável. E o Impeachment de Dilma atualmente é, absolutamente impossível."

Data Venia .

Eis os nomes dos oito governadores que preferem apoiar Dilma e ficar contra o Povo Brasileiro. NÃO ESQUECEREMOS! Ricardo Coutinho (PSB – Paraíba) Robinson Farias (PSD – Rio Grande do Norte) Flávio Dino (PCdoB – Maranhão) Camilo Santana (PT – Ceará) Rui Costa (PT – Bahia) Wellington Dias (PT – Piaui) Jackson Barreto ( PMDB – Sergipe) Renan Filho (PMDB – Alagoas) Trecho da nota asquerosa que estes oito governadores assinaram contra o impeachment: "Em vez de golpismos, o Brasil precisa de união, diálogo e de decisões capazes de retomar o crescimento econômico, com distribuição de renda.” Eu reescrevo: Em vez de conchavos em troca da CPMF e outros favores, O Brasil precisa de políticos com vergonha na cara, que livrem a população do governo mais corrupto e incompetente de todos os tempos. http://www.ancoradosertao.com/2015/12/paulo-camara-nega-apoio-dilma-ja-8.html

Genaro Faria .

"Tanto semearam divisão que acabaram unindo o país contra si." É o que indicam os números resultantes de pesquisas de opinião pública, corroborando o que ouvimos na rua, no local de trabalho, por toda a parte. Por quê? Elementar, meus caros amigos. O demônio perdeu o disfarce e sob a roupa e o boné de cor vermelha aparecem os chifres e o rabo que ele escondia. Nem os ateus militantes da "teologia da libertação", hospedados no aparelho da CNBB, escaparam da nudez que as crianças dessa república fabulesca não têm o menor receio de anunciar: - O PT está nu. Sim, o país já está unido, de novo, contra o PT. Cansou desse picadeiro onde o palhaço foi posto na plateia e a lona esburacada não protege a cabeça dos únicos bens que os governos da legenda estrelada lhes propiciaram: o sol e o sereno. Sim, senhoras e senhores, reclamem de volta o que vocês pagaram pelo ingresso nesta esta viagem ao fim da picada. Mas não se esqueçam dos ilusionistas, trapaceiros, punguistas e estelionatários da trupe que nos fez de otários. Porque eles nunca esquecem de nós. E voltarão com novos truques e novas fantasias que camuflem o rabo e os chifres com a língua afiada da mentira, da desfaçatez, da insídia, da arte de iludir. Nisto eles são especialistas.
1/1
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos do Puggina