Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

Artigos do Puggina

Voltar para listagem

ALÔ DEPUTADOS E SENADORES! QUEM QUER SER CÚMPLICE?

por Percival Puggina. Artigo publicado em

 

 Pois é, Excelências. Passei estes últimos dias nas ruas, nas mobilizações populares, nos carros de som, nas redes sociais, e acompanhando o noticiário. Andei de taxi. Falei com vendedores de água, pipoca, sorvete. Falei com taxistas e garçons. Cheguei a uma conclusão: a coisa está feia para o lado dos senhores. Junto com a responsabilidade inerente às funções que exercem, caiu-lhes no colo a decisão sobre o processo de impeachment. E as perguntas são inevitáveis: V. Exª será cúmplice da organização criminosa que saqueou o país? Concederá aval para que continue atuando? Parece-lhe pouco tudo que já é de seu conhecimento? Se sim, quanto mais seria necessário subtrair à nação para chegar a um valor que o impressione? Quantas lixeiras mais será preciso destapar?

 É possível que o tenham sensibilizado alguns argumentos da corte pirata e seus cortejadores. Mencionarei os mais insistentemente repetidos: 1) impeachment é golpe; 2) a oposição perdeu a eleição e quer derrubar o governo; 3) a oposição ataca o PT porque não gosta de pobres. Examinemos, um a um, esses supostos argumentos.

1. Impeachment é procedimento previsto na Constituição, segue rito jurídico e político que, no presente caso, acaba de ser regulamentado pelo Supremo Tribunal Federal. Como pode ser "golpe" um processo e um julgamento que percorre a trilha definida na Constituição e que, em seus atos de natureza judicial penal, junto ao Senado, será dirigido pelo presidente do Supremo?

2. A oposição não quer "derrubar o governo porque perdeu a eleição". A oposição, Excelências, perdeu três eleições consecutivas para o mesmo partido! Em nenhuma delas protestou. Em nenhuma agiu para "derrubar" o governo eleito. Só agora, no quarto pleito, motivada pela inquestionável, confessa, testemunhada e documentada natureza criminosa dos atos praticados dentro do governo, a oposição parlamentar, ouvindo inigualáveis mobilizações populares, dá suporte político institucional ao processo de impeachment. Não fossem os achados criminais da operação Lava Jato, não haveria povo nas ruas, nem processo de impeachment.

3. Espalhar a ideia de que a oposição quer o mal dos pobres e, por isso, deseja tirar o PT do governo é um outro aspecto do grave problema moral que afeta o partido dirigente: desonestidade intelectual. Afirmar que os adversários do governo "não gostam de pobres e não querem que os pobres melhorem de vida", é uma sofisma barato, uma falsidade esférica, torpe desde qualquer ponto de vista. Como poderia convir à imensa maioria da nação a pobreza dos pobres? Quem quer viver numa sociedade profundamente desigual, como essa que temos após 15 anos de petismo reinante? O governo petista, este sim, enriqueceu seus integrantes (quem é pobre sob seu guarda-chuva?) e enriqueceu ainda mais os setores endinheirados do planeta, pagando-lhes os juros mais sedutores do mundo. A Brasília petista tem muito de Wall Street e muito de Chicago na década de 30.

É forçoso reconhecer, então, que o PT se atribui uma falsa preferência pelos mais pobres para esconder os resultados da própria ganância e os privilégios que concede a grandes e desonestos empresários. Tal conduta faz lembrar a dos traficantes de drogas que escondem sua riqueza na pobreza dos morros onde distribuem migalhas aos mais necessitados.

Acostumem-se à idéia, excelências. Quem segurar a alça desse caixão será, perante a opinião pública, cúmplice de uma organização criminosa. Será pegar ou largar.

________________________________
* Percival Puggina (71), membro da Academia Rio-Grandense de Letras, é arquiteto, empresário e escritor e titular do site www.puggina.org, colunista de Zero Hora e de dezenas de jornais e sites no país. Autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia; Pombas e Gaviões; A tomada do Brasil. integrante do grupo Pensar+.
 

Compartilhar

Comentários

LIDIO FEIX .

Puggina, eles têm razão, não vai ter golpe. E não vai ter porque já houve. Houve golpe contra o sistema financeiro do País, houve golpe contra a Fazenda Pública, houve golpe contra a sociedade brasileira, houve golpe contra as famílias brasileiras, houve golpe contra a verdade e contra a honra no Brasil. Golpe contra a honra DO Brasil. Todos estamos sofrendo com essa sucessão combinada de golpes perpetradas por grande quadrilha política, que nos envergonha com o maior escândalo da História Humana. Se o molusco tivesse apenas um pouco de curiosidade intelectual, talvez a leitura da história de Al Capone lhe tivesse sido útil. O Bandidão de Chicago não foi pego pelos seus crimes mais evidentes, porque foi hábil em esconder as provas. Foi pego pela Receita Federal dos Gringos, assim como o Bandidão de Garanhuns, pego tentando esconder a propriedade de seu triplex de luxo e da sua chácara "emprestada". O Brasil não pode sangrar com eles, precisa recuperar a auto-estima, o respeito próprio, o orgulho nacional e voltar a crescer.

Claudio Silva Rufino .

A OAB nacional, reunida para apreciar o pedido de impedimento da atual Presidente da República decidiu, com apenas um voto contrario de uma das Seções Regionais, apoiar o pedido. O embasamento foi eminentemente técnico face desobediência de mandamento constitucional. As pedaladas fiscais. A posição baliza o pensamento geral em prol da observância da lei. Nem adentrou nos demais temas levantados para impedir um governante eleito de exercer seu mister. Acima do pleito e do seu resultado esta o comando da lei. Ferida a Constituição, cabe a responsabilização pelo seu descumprimento a cargo do Congresso Nacional.

maria-maria .

Como os politicoides fecais que o bovim cretino conduzimos ao parlamento corrompido, prostituído, apodrecido têm em mira somente as próprias sinecuras de enriquecimento, considerarão as chances segundo o que o resultado lhes mantenha as benesses de sempre. Em momento algum estariam legislando em favor da moralidade, conceito que sempre se esmeram por conspurcar. Aguardemos.

MATHEUS GUIMARÃES FERREIRA .

Cabe estabelecer ainda o paralelo tão já sabido na história do crime, que as máfias que se estabeleceram nos EUA a partir de gentílicos de nacionalidade ( italianas, irlandeses, judeus do Oriente) tinham como intenção superficial e propagandeada de modo a conquistar o silêncio e a adesão das comunidades de imigrantes a sua proteção contra a xenofobia, isso, claro, ante de depois explora-los e extorqui-los. Um modo estratégico de trair pelas mais vis intenções.

Carlos Edison Fernandes Domingues .

PUGGINA. Temos que saber qual o Deputado Federal ou Senador que acredita no discurso de Dilma dizendo que " É o telefone da Presidência da República que foi grampeado por determinação do juiz Sergio Moro" Por outro lado se o Lula tivesse pedido desculpas ao povo pelas babaridades que disse, pelo telefone dele, e as justificasse em razão do estado etílico que conserva o cérebro dele, seria mais aceitável do que ter assinado uma carta que não escreveu, mas confessou sua covardia. Carlos Edison Domingues

Pedro .

Parabéns Puggina pela bela exposição e defesa contra argumentos chulos e desmedidos. Você faz parte dos poucos opositores verdadeiros deste desgoverno. Se me permite, com todo respeito que lhe é devido, eu ainda acrescentaria: No item 1- Se Impeachment é golpe, então o PT participou de um golpe, pois apoiou e levou a cabo o Impeachment de Fernando Collor, que também havia sido eleito legitimamente (nada a favor do Collor), item 2 - Não existe oposição de fato por nenhum partido politico, o que existe é uma falsa oposição política, que também está atolada até o pescoço na mesma lama, e também quer se safar, existe sim uma oposição solitária chamada Bolsonaro, alguns jornalista que não são chapa banca e o povo nas ruas, item 3 - Quem quer o mal dos pobres é quem desvia todo o dinheiro da saúde, educação e segurança para poder tudo e todos em nome de um projeto de poder. Quem não gosta dos pobres são eles que o mantém na ignorância e reféns de assistencialismo barato, que visa ganhar os eleitores pelo estômago, aliás essas foram as palavras do senhor Lularápio quando perguntado o que achava de um projeto também assistencialismo de FHC, que só recebeu outro nome em seu governo. Nunca a nação brasileira foi tão esbofeteada e tratada como um bando de retardados, como por esses vermes ladrões que se apossaram do osso e não querem largá-lo de jeito nenhum!

Mauricio Moraes de Azevedo .

Parabéns Puggina, Obrigado pela abordagem acadêmica e ao mesmo tempo oportuna do Artigo: Alô Deputados e Senadores... Saúde para ti.

cicero bastos da silva .

Simples assim. O Estado necessita produzir uma maquina administrativa capaz de que ninguém possa colocar a mao no dinheiro publico. Tal função seria do campo tambem das novas tecnologias. Um outro aspecto que considero importante , será a educacional. Me dou conta de que a Escola é o primeiro lugar onde se exercita a democracia.. Nesse espaço destaco tres ditames: desenvolver-se com competencia para lidar com as ambiguidades, as incoerências e nem sempre levar vantagens., contudo, nesse interjogo é que se produz conhecimento. Processo que o homem entende que seu fim e o Estado, onde deverá jovem orgulhar-se em poder cooperar. Tendo em sua personalidade uma marca de que a cooperação seja a forma mais avança das re;açoes humanas, admirando as qualidades e as potencialidades dos seus pares. Aqui abomino a palavra parceiro e companheiro. trata-se de homens e mulheres adultas prontos para o exercício da democracia. Criança é impotente e apolitica. Politica nao combina com imaturidade.

Fernando Luiz Brauner .

Cumprimento ao amigo, mas não anexo quaisquer comentário, pela exatidão, síntese perfeita e a verdade explícita! Abraça-o FERNANDO LUIZ

Ismael de Oliveira Façanha .

O Impeachment tem a CARA do Cunha ou tem a CARA da Dilma? Ou como o deus Jano, tem as duas?

Artus James Lampert Dressler .

PT perdendo a discussão. Grita: Racista, homofóbico, fascista, burguês, nazista, filhinho de papai, moralista, machista e reacionário. Silencia a oposição, permitindo que comemore a vitória na discussão. DEZ PRINCÍPIOS DA ESQUERDA: 1) um esquerdista crê que não existe moral (no fundo o esquerdista crê apenas na moral que o favorece, isto é, "não roubar" para os outros mas um esquerdista pode roubar à vontade). 2) o esquerdista promove o anti-convencional, violenta os costumes e prefere a descontinuidade. 3) os esquerdistas querem derrubar tudo que seja pré-estabelecido. 4) os esquerdistas agem com imprudência e irresponsabilidade. 5) os esquerdistas desejam a uniformidade universal - (todo mundo igual, exceto eles, quando estão no poder usufruindo dos privilégios). 6) os esquerdistas não se impõem limites e acreditam que podem melhorar, aperfeiçoar e acabar com as imperfeições de tudo, inclusive do próprio ser humano ("para fazer uma omelete há que se quebrar os ovos", eles dizem, e partem para quebrar todos os ovos mesmo que não consigam fazer omelete alguma). 7) os esquerdistas são contra a liberdade e a propriedade - preferem a escravidão, embora a chamem por outros nomes: igualdade, responsabilidade social, justiça social, etc. 8-os esquerdistas impõem coletivismo forçado. 9) o esquerdista deseja o poder desmedido e a liberação de todas as paixões humanas (marxismo clássico e marxismo cultural). 10) o pensador esquerdista não quer estabilidade - prega a revolução perpétua.

Leia Pereira .

Apoiadissimo professor. Como parte do povão tambem tenho observado q mesmo nas camadas mais humildes há muita gente que não acredita mais nesse governo. Vamos à luta!

Ricardo Moriya Soares .

Assino embaixo, Caro Puggina! Chegou a hora da prestação de contas, algo que nunca deve ter passado pela cabeça dos 'eleitos' pela população. Além disso, temos também a nossa própria prestação de contas, explico: quem são os vagabundos que continuam a apoiar esta organização criminosa? Organização que quer implementar a ditadura comunista na marra, mesmo com 95% da população contra; quer legalizar crimes hediondos, como aborto, pedofilia, corrupção pública, etc. Quem são os cumplices, quero saber? Pobreza nunca foi e nem será desculpa... na verdade foi sempre a dita classe média radical que sempre apoiou os terroristas comunistas, e sempre invocando o nome dos mais carentes - estes que jamais fizeram parte do bolo dos eleitores tradicionais do PT-PSOL-PCdoB. Além é claro, de muitos estudantes alienados, e seus professores comunistas de carteirinha. Gostaria mesmo de me encontrar com os eleitores daquela perniciosa senhora mal amada, cujo nome dado é Maria do Rosário - aquela que defende assassinos, pedófilos e estupradores (a nata, segundo o PT!). Gostaria de olhar na cara de cada um deles, para depois demandar uma explicação pelos seus atos... e cobrar de forma firme e insistente, pois como puderam votar naquela salafrária vagabunda. Quero saber!

Genaro Faria .

Nós temos, creio que pela primeira vez em nossa história, um governo indefensável. Sob todos os aspectos, sobretudo o aspecto moral. Já tivemos uma inflação galopante. Nossa moeda não era senão um fator da sua multiplicação pelo dólar para sabermos o quanto ela valia no dia. E a grande maioria das pessoas não sabia fazer essa operação. Já passamos por outras "poucas e boas", como eleger quem fez de uma vassoura o símbolo de uma cruzada heroica, ou da caça aos marajás um safari que resgataria o país de seus maiores predadores. No picadeira de nossa democracia, o que não nos falta são palhaços. E uma arquibancada para os aplaudir. Mas nunca sentimos tanto vergonha de nós como agora. Não são mais palhaços que nós elegemos. Nós colocamos no poder uma organização criminosa. Facínoras. E não sabemos como nem se vamos tirar essa gente de lá. Só por sorte, pura sorte, essa gente está nos ajudando. Ninguém é capaz de errar tanto, e tão sistematicamente, quanto essa gente. Nem nós somos capazes de tamanha façanha.

sanseverina .

A propósito de mistificações, mentiras e outras falsidades, a carta aberta do Lula (que os âncoras nas TVs leem na íntegra) foi cuidadosamente escrita, reescrita e revisada por seus advogados e assessores, e é apenas mais uma jogada dessa farsa toda de que ele, a presidente e o PT são protagonistas. Aqui nem cabe falar da esquizofrenia do investigado na Lava Jato com consistentes indícios e provas já coletados: o texto e nem a toada da fala são dele. O verdadeiro Lula, o lado pior que manda no lado ruim, é o Lula dos telefonemas - que só usa celular dos seguranças - via por onde espalha uma linguagem de bordel, da qual ele parece íntimo, palavrões do mais baixo calão sobre autoridades do mais alto escalão da República, não poupando os ouvidos do interlocutor (juro que nunca tinha lido ou ouvido aquela expressão chula que ele usa para qualificar as suas cupinchas petistas). Esse indivíduo é um escárnio ambulante, um acinte, um cão raivoso avançando para morder os circunstantes, um doente mental prestes a rasgar as próprias vestes e pôr fogo no Planalto, se alguma força superior não o detiver. Em tempo: lamentável e fora de qualquer entendimento que na PUC/SP e na S. Francisco/Direito da USP, alunos e professores abduzidos se reúnam para apoiar e defender as ações desse tresloucado, impudente e, sobretudo, asqueroso expoente da escória humana. Quem tiver fé, que apele a Deus e aos Anjos que a hora é grave e prenuncia calamidade social.
1/1
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos do Puggina