Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

Artigos do Puggina

Voltar para listagem

CRIA CUERVOS

por Percival Puggina. Artigo publicado em

 

 Quando as imagens do massacre de Manaus me caíram diante dos olhos, lembrei-me do ditado espanhol - "Cria cuervos y te sacarán los ojos". Naquelas cenas reiteravam o quanto é pueril supor que há perversidades inacessíveis ao homem. Não há. Feras não podem se humanizar, mas o contrário não é verdadeiro. E quando acontece, a ferocidade se potencializa pela aplicação da inteligência ao mal.

 Muitas vezes, algo que parece nascido da boa intenção, tornando quase impossível ser percebido de modo diverso, acaba prestando extraordinário serviço ao mal e a seus objetivos. Pondere o que aconteceu com a sociedade brasileira, em avassaladora proporção, nas últimas décadas. Para tal fim, seja seu próprio instituto de pesquisa. Examine suas experiências de vida e as informações que lhe chegam de variadas fontes e modos. Tenho certeza de que acabará concluindo que a nação passou da quota na quantidade de maus cidadãos, de patifes, mentirosos, velhacos, corruptos, traiçoeiros e dirigentes de igual perfil, cujas decisões põem a ética e o bem de cabeça para baixo.

O que se constata nessa observação ligeira, mas suficiente, não é causa de si mesma em circuito fechado, mas consequência de uma atitude pedagógica aparentemente generosa, que concede liberdade sem responsabilidade, direitos sem deveres, prêmios sem méritos, amor sem exigências, educação sem restrição. E tolera a falta sem punição e o crime sem pena.

Temos recebido doses maciças disso nas famílias, nas salas de aula, nas relações sociais, no trabalho e na política. Então, prezado leitor destas poucas linhas, se lhe ocorre, ao lê-las, a ideia de que os cuervos a que me refiro estão enjaulados nas penitenciárias do Brasil, crocitando e executando sentenças de morte, ali mesmo ou nas nossas ruas e estradas, você se enganou. É ao criatório que me refiro. Ele está por toda parte, está aí na volta, combatendo a polícia, rindo da lei, declarando a morte da instituição familiar, chamando bandido de herói e herói de bandido, fazendo novelas de TV, ridicularizando a virtude, aplaudindo o vício, enxotando a religião, desautorizando quem educa ou usando a Educação para fazer política e relativizando a vida (aconteceu o que, em Manaus e Roraima, que não ocorra diariamente, com tesouras e pinças, em salas de aborto?).

cuervos que não se apresentam como tal.

Não estou afirmando que as pautas da violência se esgotem nestas que menciono. Estou dizendo, isto sim, que o crime e a violência avançam, inclusive, por motivação política e ideológica. E estou reafirmando, mais uma vez, que consciências ou se formam ou se deformam. Há no Brasil um evidente empenho em criar seres humanos com consciência de corvos.

________________________________
* Percival Puggina (72), membro da Academia Rio-Grandense de Letras, é arquiteto, empresário e escritor e titular do site www.puggina.org, colunista de Zero Hora e de dezenas de jornais e sites no país. Autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia; Pombas e Gaviões; A tomada do Brasil. integrante do grupo Pensar+.


 

Compartilhar

Comentários

LUIZ GONZAGA FARIAS .

Sr Puggina, posso estar enganado, mas não será nenhuma surpresa para mim e algumas pessoas que acompanham este crescimento da violência e vandalismo, muito bem arquitetado, se descobrirem um dedo do PT por trás disso tudo. Eles deram o recado bem claro, de que se a Presidente fosse afastada o Brasil iria virar um inferno, sob o comando do Stabile e naturalmente Lula, o grande Comandante em Chefe. Para que o povão depois saia espalhando aos quatro ventos que "sem o PT vejam em que o País se transformou. Esperem para ver.

Joma Bastos .

Excelente artigo! Infelizmente, quando abrimos um jornal brasileiro, ou algo que nos possa dar uma informação sobre o nosso país, só nos é apresentada uma imagem de um Brasil decadente e sem esperança, com imensa corrupção, muito violento, abandonado pela classe política, com uma inflação a tomar conta do dia a dia, sem uma infraestrutura logística necessária e suficiente, com pouco saneamento básico, com infraestruturas precárias para saúde, e um sistema educativo longe das necessidades básicas primordiais. E o pior é que, quando olhamos à nossa volta, constatamos que tudo isto é uma triste realidade, mas, apesar de tudo, eu e outros mais, sempre acreditaremos em um sistema com justiça social e economicamente liberal, continuando a alimentar a esperança de que algum dia poderemos viver em um Brasil com Ordem e Progresso, mas não com este atual e decadente sistema político bolivariano. Que tenhamos no Brasil um evidente empenho em criar seres humanos com consciência humana!

PAULO ASSIS VALDUGA .

Sr. Puggina, não resta dúvida da sua objetiva visão sobre os problemas sociais que nos afligem, bem como dos comentários que o acompanharam, porém ninguém se reporta para um problema: a superpopulação que avança aceleradamente tanto no Brasil como no resto do mundo; no nosso caso além da superpopulação (não falo de carceragem), aliada a inépcia dos politicos aliada à corrupção, não há, ao meus ver, infelizmente, solução imediata. Fala-se em EDUCAÇÃO, mas ... CARÁCOLES ... nem nos lares se constata a sua presença e quando um professor levanta a voz, logo é abafada, quando não agredido pelos alunos e pais !!! é, meu amigo, a humanidade caminha a passos largos, de costa, para o seu progresso coletivo, a prova está nos ônibus incendiados.

Claudio .

O politicamente correto embretou uma geração ou várias pois artigos elegantes,claros e coerentes como este estarão sujeitos a rótulos tipo:conservador,reacionário,etc....como se virtude fosse crime e vicio revolucionário.Mais uma vez obrigado pela luz mestre Puggina.

Decio Antônio Damin d .

Temos de eleger a construção de presídios como prioridade para tentar resolver o principal problema do Brasil no momento que é a falta de segurança sem a qual nada funciona! Temos de continuar insistindo nesta tecla na esperança de que alguma coisa boa aconteça,embora a possibilidade seja pequena.Parabéns pelo texto lúcido que é mais um tijolo nessa construção!

juscelino .

Arrazador né? É o tipo de texto que deveria ser obrigatório a cada canalha do criatório ler ele 100 vezes por dia e depois ser obrigado a comer o papel em que foi escrito.. Seco, sem agua.

Soldiney Marques .

Muito lúcido e atual tua postagem, concordo com o leitor Genaro, como consegues tratar com tamanha elegância os #esquerdoPaTasPTralhas? Só mesmo um mestre com as palavras.

Ultra 8 .

O bandido filósofo, Antônio Gransci, vaticinou : "Nossos companheiros , os CRIMINOSOS, serão os novos revolucionários!" Sartori e Schirmer, estão cumprindo com louvor os mandamentos dos facínoras comunistas, sem remorso e sem culpa.

Vander Lei .

- "Qual é o seu nome? ", perguntou Jesus. - "Meu nome é Legião", respondeu ele, "porque somos muitos".

Orch .

Parabéns, texto certíssimo. O Brasil virou uma espécie de "Ilha do Dr. Moreau", onde os cidadãos de bem se encontram naufragados, tentando desesperadamente sobreviver a ela. Agora nos damos conta.

Genaro Faria .

Prezado Puggina, não sei como você consegue manter a elegância ao se referir a esse bando de cafajestes. Já não fosse pela sabedoria que de seus textos promana, esse seu estilo quase bíblico de respeitar quem eu sei que v. sabe que não merece respeito nenhum lembra-me algo tão sublime que me soa evanescente como a expressão do teólogo Teillard de Chardin: "Quando nos elevamos, nós nos encontramos". Eu acho que minha alma é muito pequena.

Genaro Faria .

Tanto quanto o desastre da economia, o aparelhamento do Judiciário e o aluguel do Legislativo não deveriam surpreender quem estudou a história das revoluções.Não deveria ser, para a humanidade, nenhuma novidade que o único objetivo de toda revolução é destruir. Nem um só revolucionário cuidou da reconstrução sobre as ruínas do que lutou para derrubar. Mas isso não é tudo. O pior é que toda tragédia humana advinda na esteira das doutrinas que eles defenderam é atribuída a suas vítimas. Eles jamais admitem qualquer culpa. Ainda que elas se contem em centenas de milhões de homicídios em tempos de paz. É coerente, portanto, a defesa que o PT e seus satélites socialistas fazem de seus governos. O povo - ou para render uma justa homenagem ao sociólogo Fernando Henrique Cardoso: o "atraso" - impediu que o Brasil se tornasse tão progressista quanto a Venezuela. Graças a Deus!

Paulo Onofre .

Prezado Senhor Puggina. Criminalizar a palmada educativa dos pais nos filhos malcriados, e as reprimendas dos professores aos maus alunos, está criando gerações de adultos sem respeito aos outros, sem responsabilidade e sem qualquer noção de limites. Lógico que, Graças a Deus, ainda existem muitos pais que sabem educar seus filhos para o bem, mas estes, no futuro, acabarão se tornando vítimas dos criminosos e, pior, dos políticos espertalhões. Que Deus nos ajude!

Rossini Leite de Oliveira .

Verdade! O mal é desumano como um assassinato e sutil como um falso ideal de bondade.

Dalton Catunda Rocha .

Há quase cem anos atrás, o marxista Trotsky (1879 – 1940) escreveu isto: Para dominar uma sociedade, basta que a esquerda faça duas coisas: 1- Colocar os pobres, contra os ricos. 2- Colocar os bandidos, contra os pobres.
1/2
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos do Puggina