Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

Artigos do Puggina

Voltar para listagem

É AGORA QUE TUDO COMEÇA

por Percival Puggina. Artigo publicado em

Eram 20 horas do dia 26 quando os números da eleição presidencial me caíram diante dos olhos, saídos do éter e cercados das mesmas inconfiabilidades que caracterizam as pesquisas de intenção de voto. Mas desta vez eram números para valer. Dilma e o PT ganharam mais quatro anos para destruir o Brasil e o caráter da população brasileira.

 Vieram-me à mente as palavras de Mateus 11, 21-22.

“Ai de ti, Corazim e ai de ti, Betsaida! Porque, se os milagres que fiz nas vossas ruas tivessem sido praticados em Tiro e Sidom, há muito que o seu povo se teria arrependido com vergonha e humildade. Verdadeiramente, Tiro e Sidom estarão melhor do que vocês no dia do juízo!”

 Elas são bem adequadas ao momento. Qualquer outro povo que tivesse, desde 2005, quando estourou o primeiro escândalo do governo Lula, conhecido o que o Brasil conheceu, sabido do que o Brasil ficou sabendo, contemplado o futuro que o Brasil contempla, sido fatiado em alas e conflitos como o Brasil foi, andado nas companhias com que o Brasil andou, feito os negócios que no Brasil se fizeram, perdido tudo que no Brasil se jogou fora, teria enxotado seu governo a votos na primeira oportunidade. O Brasil já perdeu a terceira. Se o que acontece nas nossas ruas ocorresse em país sério, seu povo se teria arrependido com vergonha e humildade. Ainda não chegou para nós o dia em que o Brasil tomará juízo.

Felizmente, metade da nação já despertou. A disputa começou muito mais desigual. Ao longo dos últimos meses, porém, o petismo, sem meias nem peias, que se julga dono do Brasil, foi produzindo o mais incômodo de seus resultados: o antipetismo consciente, crescente e comunicante, que se irá organizar porque exatamente aqui, onde o PT julga que tudo termina, é onde tudo começa. O que era disperso ganhará coesão.

Já que o PT preferiu dividir, dividido está. E o que foi dividido saberá unir-se. Em dois anos haverá novas eleições e, desta vez, os antipetistas sabemos quem esteve e quem está com quem. Isso o PT e o Congresso Nacional ficaram sabendo: metade do Brasil é antipetista. E todo parlamentar que não for assumidamente antipetista vá cantar na sua freguesia porque terá metade da nação contra si.

• Arquiteto, empresário, escritor, membro da Academia Rio-Grandense de Letras, autor de “Crônicas contra o Totalitarismo”, “Cuba, a tragédia da utopia” e “Pombas e Gaviões”.
 

Compartilhar

Comentários

Sérgio Alcântara .

Concordo que o petismo já deu sinal de desgaste neste pleito, mas é sempre bom lembrar que eles são espertos, rápidos e hábeis o suficiente para, no menor tempo possível, reverem e replanejarem suas estratégias e ações. Não podemos nem devemos nos iludir com a ideia de que o povo, por conta própria, pela simples observação da realidade dos fatos, tomará consciência da sordidez do projeto petista. É imprescindível que mais e mais cidadãos e cidadãs brasileiras se unam, de maneira organizada e articulada, constituindo-se em lideranças de suas localidades, para aí sim, fazer com que as pessoas de um modo geral possam vislumbrar de maneira palpável que um projeto de nação diferente desse aí é possível. Nem dá para condenar aos coitados que votaram para garantir a continuidade do governo petista, afinal eles estão de tal maneira condicionados ideológica, cultural e economicamente que seu voto é óbvio. Mas me atrevo a dizer que para que as coisas chegassem no ponto que chegaram, não foi somente uma questão de competência e ardil da militância gramsciana. Houveram clamorosas e sucessivas falhas dos nossos políticos de direita, durante estes últimos 25 anos, que se iniciaram de maneira visível ainda no processo de redemocratização do país. Isto,aliás, é um assunto que eu gostaria que o Percival abordasse nos próximos artigos.

Carlos Pedro de Souza Luvizetto .

Estimado Percival Puggina, Conforme Organização Internacional do Trabalho, uma pessoa que tem um trabalho formal pensa em progredir, enquanto os "trabalhadores informais" querem apenas sobreviver. O PT exclui das pesquisas do desemprego quem recebe o Bolsa Família. Ora, cidadania só inicia quando o povo deixar de pensar com a barriga pois acredito que até então, é escravidão. A maioria do povo apto a votar, não votou a Dilma. Com certeza nas próximas eleições vamos limpar o Brasil dessa turma de corruptos.

Marco Antonio Longo .

Dr Puggina, nestes 12 anos o PT jogou no lixo uma grande oportunidade de desenvolver uma vontade nacional para o Brasil. Dividiu a sociedade para obter vantagens imediatas. Agora dividiu mais ainda. Conseguimos também uma divisão geográfica. Uma verdadeira reforma política incluiria a proibição do voto de pessoas dependentes de benesses do governo pela perda da liberdade de opção que essas pessoas sofrem.

Marcelo A. Pires .

Fiquei muito triste com o resultado das eleições presidenciais de 2014... mas, Eu fiquei otimista com o ressurgimento e endurecimento da direita no Brasil. Prof. Olavo de Carvalho e Prof. Puggina estamos juntos e lutaremos 24 hs contra esses ptralhas e esquerdistas. Eles agora não estão mais na área de conforto deles, nós existimos e tenho voz!

Felipe Porto .

Cleomar Santos, do mesmo jeito que suas duas filhas logo estarão votando, infelizmente o mesmo está acontecendo com os beneficiários das bolsas-esmolas, com a diferença é que eles estão se multiplicando por seis, dez, doze filhos cada um. Para cada eleitor do PT de hoje, em breve teremos meia-dúzia garantindo a continuidade deles no poder!

Odilon Rocha .

Prezado Puggina Creio que seja isso mesmo, o que disseste. Nos uniram mais ainda! Não esmoreçamos, pois a nossa luta, pacífica, ordeira e vigilante vai continuar. E com mais ímpeto. Abraço

Luiz Felipe .

Prezado Professor, sábias as palavras da Sra. Ieda Dietrich que no comentário de 27.10 abaixo escreveu: 'TSE SER O ORGÃO A SERVIÇO DO PT'. O Ministro Dias Toffoli é um advogado do PT, visto que ainda não apresentou publicamente a sua renúncia antes os poderes que recebeu do partido. Além do mais, garantiu, previamente, que a eleição não poderia ser fraudada, o que, como podemos verificar com a farta lista de provas apresentadas na web, é uma inverdade. A FRAUDE ELEITORAL possui um lista longa de evidências, assim como os atores envolvidos são, indubitavelmente, suspeitos! O ministro Dias Tóffoli deve ser responsabilizado e as eleições anuladas!! O Professor Olavo de Carvalho afirma que o PT é uma organização criminosa. Alguém duvida?! Cordiais saudações.

Carmen Lucia Knebel .

Estamos em choque, principalmente, por sabermos que uma País onde os Ladrões - realmente Ladrões - ficam impunes. Tenho certeza, não prova, mas que a Dilma ao alterar o horário do Acre há um ano atrás e colocar a cria deles na Presidência do TSE, já o fez com o propósito de ter 3 horas para manipular as urnas, como todos sabemos não são confiáveis. Esperamos, sinceramente, que o Aécio e os Partidos que o apoiaram, junto com a população que no Aécio votaram, iniciem imediatamente uma apuração e comprovação do envolvimento deles no desvio bilionário da Petrobrás, para que assim possamos fazer o Impeachment! Porque senão, só restará esperar quem sabe os próximos 30 anos para tirá-los do poder! Abraços

sanseverina .

Prof., longe de mim querer pautar o seu espaço, mas este comentário trata da decadência geral a que o PT submete a nossa sociedade. OFF TOPIC? O que está acontecendo com a nossa juventude universitária? e com a analfabeta também, que não é meu objetivo tratar aqui. O noticiário diário tem divulgado fatos graves ocorridos em festas (festins, orgias?) nas universidades do país, como na USP. Recentemente um jovem, cuja família o defende como estudioso e responsável, foi encontrado morto na raia olímpica da USP, drogado e afogado. No interior paulista um jovem ecologista, também responsável, estudioso e religioso, segundo familiares e amigos, ao retornar de uma festa dessas arrancou as próprias roupas, correu como um louco pelos corredores do prédio em que morava e saltou da sacada do apartamento. Numa outra “festinha” semana passada, dessa vez vespertina na S. Francisco (a vetusta Faculdade de Direito da USP), a filha de uma amiga, 18 anos, aluna exemplar, foi nocauteada por um copo de cerveja (servida em bandejas como nos buffets); a mãe notando a voz alterada da filha ao falar com ela no celular, ordenou-lhe tomar um taxi de volta. A jovem chegou em casa semiconsciente, mas inteira, graças ao instinto materno e ao profissionalismo do motorista. Mas poderia ter sido estuprada e até morta depois do “boa noite, cinderela”. E quantas outras, outros, permaneceram lá na mesma situação? Theodore Dalrymple, psiquiatra e escritor inglês agora traduzido no Brasil, criticando o assistencialismo do Estado e os conceitos de massificação das vontades difundidos pelos intelectuais da esquerda, diz que, como consequência dessas políticas, as pessoas “são capturadas por (um) ciclo de dependência, em que nada parece tornar a vida melhor ou pior. Não há esperança, nem medo... e a "pobreza da alma" se aprofunda e galga velozmente a escala social.” O resultado disso é “a perda de dignidade, o egocentrismo, o vazio espiritual e emocional ou a absoluta ignorância de como viver...” Do Estado, que é a nação politicamente organizada, para a família atual: o protecionismo paterno irresponsável (porque sem diálogo e sem autoridade) também seria um dos motivos do tédio juvenil pela falta de sentido e direção na vida somado a uma ânsia de viver perigosamente, por ausência de esperança e perspectiva? Os jovens que embarcam no proselitismo esquerdóide, de início por compreensível revolta adolescente (aquela fase em que tudo e todos são contestados), mas sem qualquer embasamento teórico, são incentivados por professores ativistas marxistas comprometidos com partidos políticos de esquerda a permanecerem imaturos, rebeldes e a se comportarem como ratos de Skinner. Mais, para ficar de bem com o politicamente correto imposto a todos, passaram a achar “revolucionário” (como ditam essas facções político-ideológicas) conviver com favelados marginais e a achar que traficante é tão profissional como médico, engenheiro ou dentista. A partir daí, tudo é permitido: beber, se drogar, dirigir e até se espatifar com os amigos (de todos os gêneros e estratos sociais) no poste da curva - o máximo de autenticidade! Sem esperança e sem medo da repressão do estado, sem Deus e sem autoridade familiar, para que futuro eles estão indo?

André Carvalho .

Pois é, sr. Puggina, mais uma derrota. Embora não tenha sido eleitor nem do PT, nem do PSDB - partidos que considero quadrilhas -, entendo perfeitamente a indignação dos eleitores da Oposição diante da corrupção. Ela é a minha também, seja de quem for o governo. A campanha do Aécio foi heroica, mas creio que falhou em duas coisas primárias. Um: julgou que Minas estava no papo. Deu-se ao luxo de escolher um candidato decadente e desprestigiado para disputar o governo, um nome que passa raspando pelo Mensalão mineiro. O natural seria relançar o Anastasia, que venceu com um pé atrás para o Senado. Dois: não colocar alguém do Nordeste como companheiro de chapa, para contrabalançar minimamente a hegemonia petista na região. Serra já cometera erro parecido em 2010. Em 2014, Aécio teve um parceiro do partidoque não era do Nordeste e ainda por cima paulista, povo não muito bem avaliado por aquelas bandas pelo desdém que muitas vezes dirige aos "baianos". Uma chapa PSDB demais, Sudeste demais. Mesmo assim, QUASE deu. A oportunidade de ouro para afastar o PT se foi. Haja escândalo para vencê-lo se Lula for candidato em 2018. A luta por um Brasil mais digno, porém, não termina com a eleição: essa busca deve ser diária e infatigável, em nossas ideias e atitudes. Sejamos vigilantes!

Marco Túlio Vilela .

Prezado Percival: Seu texto é comovente! Comovente da maneira que um marxista jamais poderia ser, pois um marxista não teria sensibilidade para citar os Evangelhos. E mesmo que citasse, não seria sincero, pois o marxismo é um inimigo natural do cristianismo. Quanto ao que você disse do surgimento de um antipetismo crescente e consciente, concordo plenamente, pois, testemunhei isso quando eu e outros milhares de cidadãos participaram de dois atos espontâneos de apoio à candidatura de Aécio ocorridos em São Paulo: a caminhada iniciada na quarta-feira passada no Largo da Batata e a passeata realizada na Avenida Paulista no último sábado,na véspera das eleições. Não tenho dúvidas que em 2015 veremos cidadãos organizando atos espontâneos pedindo o impeachment da presidente reeleita (reeleita jogando sujo, caluniando os adversários, chantageando e aterrorizando os mais humildes) e a prisão do ex-presidente Lula, o Anticristo de Garanhuns. Esses atos ocorrerão em São Paulo e em muitas outras cidades. Elementos para a abertura de um processo de impeachment não faltam.

pedro azevedo nunes de carvalho .

É impossível fazer análise correta destas eleições em um cenário em que não existe a menor chance de se confirmar se houve ou não fraude nas urnas! Ouvi agora na Radiovoz, um ouvinte afirmou que ouviu diretamente de um lobista conhecido seu, um relato de que este ao indagar à pessoas do alto comando do governo em Brasília, sobre o que aconteceria com a possível vitória do Aécio, ao que lhe foi respondido que não haveria a menor chance disso acontecer porque a vitória da Dilma já estava garantida e seria por pequena margem! Vejam que foi deste mesmo modo, as vitórias dos bolivarianos em outros países aqui na região!

odair franco .

ainda temos um pouco mais da metade de miseraveis e outros tanto de oportunistas ,mas na proxima mostramos nossa força

Fernando Alves .

Puggina, gostaria de ter a certeza de que estes 50% realmente despertaram por terem percebido a verdadeira ideologia PeTista. Acho que uma grande parte destes, foram levados simplesmente pela total falta de coerência entre discuso e prática de uma Presidente que não tem a mínima idéia do que significa a palavra DIGNIDADE. Mas se nossos políticos começarem agora a fazer política não somente em tempos de eleição mas todo o tempo, no sentido de estruturarem suas bases, e denunciar essa ideologia marxista, aí eu começo a acreditar. Tem que ter muita coragem. Que Deus nos ajude. Um abraço.

Regis Luiz Rossoni de Souza .

Dr. Pugina! E quando aquele "Gigante", que esta dormindo porque esta bêbado, se apresentar com o seu populismo Getulhista, transpirando como os afluentes fecais do Dilúvio, para substituir a sua criatura? Haverá oposição para derruba-lo? Que teia que nos colocaram! Sabemos que o plano era 30 anos, já esta na metade. Um abraço.
1/3
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos do Puggina