Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

Artigos do Puggina

Voltar para listagem

É CHANTAGEM, SIM!

por Percival Puggina. Artigo publicado em

 

Domingo, 15/03, retornando de Goiânia, uma substituição de voos entre Congonhas e Porto Alegre me reteve no aeroporto de São Paulo. De lá, escrevi a mensagem abaixo, lida aos manifestantes do Parcão na capital gaúcha.

Meus queridos! É chantagem, sim. E assim tem sido desde o início. Engavetamento de propostas. MPs que vencem sem explicação. Projetos do governo virados do avesso. O ano de 2019 se esgotou sem que tenham votado algo tão simples quanto a prisão após a condenação em segunda instância. Por quê? Por que anunciaram que o blocão tem 300 votos? A quem e de quê esses votos ameaçam? Desde o início do governo tem sido uma busca desenfreada por recursos! Por que não se contentam com os subsídios e as verbas de gabinete? Por que buscam, sempre, dispor de bilhões do nosso dinheiro?

É claro que Bolsonaro entendeu o recado. O recado é o impeachment sendo urdido para alegria da grande imprensa. Esta, em seu afã cotidiano de infernizar a vida do presidente, mudou de ideia. O que antes era toma lá, dá cá, síndrome do Benedito Domingos, coisa feia, virou “autonomia do parlamento”. E quando o governo perde, a derrota recebe o nome de "incapacidade de negociação"! Quem pode negociar direito com a faca no pescoço?

Há uma arapuca permanente, montada para enganar a população. Chega a ter luzes pulsantes em volta da porta. Em nome da “democracia” dizem que nós - NÓS? - estamos atacando às instituições. Disparate para iludirem, também, a si mesmos! Atacamos procedimentos individuais. Desde quando um congressista, ou muitos congressistas, são o Congresso? Desde quando os indivíduos eleitos significam o parlamento? Da mesma forma, desde quando um cidadão ou muitos cidadãos são O povo? E vale o mesmo para ministros do STF.

É chantagem sim!

A ameaça de não ter projetos aprovados é sinal de alarme para o governo. E há, sempre, um preço a pagar. Sempre um valor imenso, bilionário. Por isso o ambiente todo é de chantagem. Só não vê quem deixa de lado todos os princípios e valores quando pega o avião para Brasília.

As exceções já salvaram o Brasil muitas vezes. E salvarão de novo. Há bons deputados e bons senadores, mas desafortunadamente são exceções. Estarmos junto das exceções, ao longo da lava-jato, em 2016, em 2018, foi salvação para nosso amado Brasil.

Lembremo-nos! Tenhamos presente. Tem sido chantagem, sim. O problema que tanto nos entristece e desconforta é termos nosso país de volta e sabermos que tantas dificuldades sobrevêm apenas porque o presidente não loteou o Estado, o governo e a administração, nem fez jorrar dinheiro em muitas mãos.

Saibam: tudo já estaria resolvido numa sala fechada, se ajustado o preço a pagar por 300 unidades de voto parlamentar!
Se apoiarmos os bons e denunciarmos os maus estaremos apoiando a democracia e ajudando o Brasil. Bolsonaro não será submetido! Deus abençoe o Brasil e os brasileiros.

 

_______________________________
* Percival Puggina (75), membro da Academia Rio-Grandense de Letras, é arquiteto, empresário e escritor e titular do site www.puggina.org, colunista de dezenas de jornais e sites no país. Autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia; Pombas e Gaviões; A Tomada do Brasil. Integrante do grupo Pensar+.

 

Compartilhar

Comentários

Rivo Reinoldo Fischer .

Esses congressistas corruptos e chantagistas (muitos deles só eleitos via quociente eleitoral) tiveram sorte. A desmobilização devida ao Covid evitou que eles tivessem de enfrentar a maior manifestação da história do país. Meo assim, eles estão bem conscientes do que a multidão acha de sua chantagem e covardia. Pasmem, o Botafogo declarou que quer ser presidente. Chantagista mor!

Dalton Catunda Rocha .

Por favor. Sou e sempre fui, direitista assumido. Sou um “coxinha” pleno. Nunca votei em Lula, Dilma, nem em ninguém do PT, PC do B e PSOL. Na eleição de 2018, eu votei em Bolsonaro. E fiz isto, nos dois turnos. Não obstante, eu tenho de dizer, que o sistema político do Brasil, inclusive a Constituição de 1988, limitam demais aquilo, que um presidente do Brasil pode fazer de bom. Sim, eu acho que Bolsonaro não usará do poder, para o enriquecimento pessoal. Isto serve, como bom item de biografia mas, num país onde tem mais de 100 mil políticos e mais de 90% deles rouba, isto é mais detalhe, que qualquer outra coisa. Um outro exemplo. Acabou o envio de recursos a Cuba. Muito bem, mas incluindo a grana para os médicos cubanos, menos de 0,1% do gasto público do Brasil, nos anos de 2017 e 2018 foi de fato, enviada para Cuba. Mais uma vez, isto é mais um detalhe, que qualquer outra coisa. Na história da humanidade, o país que saiu de país pobre a país rico mais rápido, em todos os tempos, foi a Coreia do Sul, tendo tal país levado mais de trinta anos, neste caminho. Além de ter só um mandato de quatro anos, Bolsonaro ainda por cima não tem nem remotamente, as condições externas e menos ainda, condições políticas internas, que a Coreia do Sul teve de 1960 a 1990. Este é ou deveria ser, o objetivo maior de Bolsonaro: Fazer o Brasil ter um razoável sistema educacional. Sem isto, a crise econômica, que já durou quatro décadas seguirá pelo governo dele, abrindo o caminho para o PT voltar ao poder, no Brasil. Na melhor das hipóteses, o pouco que se sabe de Bolsonaro, o mostra mais como um Pinochet, que uma outra coisa. Ser tal e qual Pinochet na economia é o limite do melhor, que um realista como eu, realmente espera de Bolsonaro. Pinochet fez coisas certas, na economia chilena, concentradas em seus últimos anos de governo. O sistema educacional do Brasil é um lixo. Tornar tal sistema educacional, em alguma coisa, ao menos regular é ou deveria ser, o mais importante objetivo de Bolsonaro. Mantido o sistema educacional do Brasil, mais ou menos do mesmo jeito, que aí está, manterá o Brasil na crise econômica, que o assola há quatro décadas consecutivas. Nesta situação, com a educação no Brasil, basicamente do mesmo jeito, o retorno do PT ao poder, se tornará inevitável, em apenas quatro anos. A esquerda toda sabe disto. É esta, a real fonte de ódio por Bolsonaro e seu projeto educacional. Que Bolsonaro use cada dia de seu governo, na limpeza do lixo marxista, que há décadas, tomou conta de todo o sistema educacional brasileiro. Trocar inúmeros livros didáticos será, um bom começo. Basta de décadas de livros marxistas sendo impostos, em todos os colégios, às nossas crianças e aos nossos jovens. No final das contas, eu sou otimista com Bolsonaro. Afinal de contas, se até sob o governo de um picareta como Michel Temer, o Brasil melhorou, por que não melhoraria ainda mais, sob Bolsonaro? Mais uma coisa. Até agora, eu estou gostando da política agrícola e da política internacional de Bolsonaro.

joao gilberto arbogast fontoura .

Acredito que somente com o fechamento do congresso , da câmara dos deputados, e cassar todo STF o Brasil poderá ter algum jeito.

Graziele .

Saberíamos que seria assim desde o início, temos é que dar a resposta nas urnas...mais se ficar pior o jeito é invadir Brasília e colocar aquela merda abaixo

Sidney .

Percival e$$e$ caras são uns descarados mesmo ! Cadê o guarda....para pará-los ....; não respeitam a Constituição e muito menos o Contrato que lhes foi OUTORGADO ....você está certíssimo : QUEREM POR QUE QUEREM O 3-0 TURNO ; repito : DESCARADOS PRECISAM SER IMPEDIDOS , baita abraço

João Carlos Biagini .

Ouvir a fala de alguns deputados, dá nojo. Esquecem que nos representam e ficam pressionando o presidente. Deveriam cumprir suas obrigações com os eleitores e todo o povo brasileiro.

EDISON BECKER FILHO .

Só resolveremos isto não reelegendo. Político bom é o que não foi reeleito! Simples assim.

GISELE Farina .

Aplaudo de pé este recado Perfeito!! !

Luiz R. Vilela .

Lá pelos idos de 1987, quando da instalação da Assembleia Nacional Constituinte, um dos eleitos, figura já notória a época, chegou dizendo que na câmara federal, existiam pelo menos uns trezentos deputados picaretas. Levando em conta o que já dizia o falecido ex deputado Clodovil Hernandes, de que boi preto conhece boi preto, deu-se total credibilidade ao dito do cidadão. Agora em tempos de Bolsonaro e grana curta, fica-se sabendo que na câmara federal, existe um bloco parlamentar de uns trezentos deputados, auto denominados de "centrão", que estaria a fazer justamente as "picaretagens", tão bem denunciadas pelo notório indivíduo. Estariam estes trezentos agindo a maneira do herói grego Leônidas, nas Termópilas? Que não queria deixar passar o exército persa, enquanto os da câmara, não querem deixar passar os projetos do governo? Número bastante intrincado este "trezentos", se de um lado soa como numerativo de heróis, do outro, revela a quantidade de chantagistas, achacadores e oportunistas, que o TSE, não os reconhece como "mercadores do direito alheio", pois afinal o voto deles no parlamento, não lhes pertence, é do eleitor representado, que os mandou para Brasília. Reagem quando alguns pedem o fechamento do congresso, chamando os de anti democráticos, porém nisto ai cabe uma pergunta, um parlamento desvirtuado tem alguma contribuição a dar a democracia? Quem vota por qualquer interesse e não leva em conta a vontade do eleitor que o elegeu, age como o grego que ensinou o caminho pelas montanhas ao exército de Xerxes. Trai ao seu líder e ao seu povo, põe seus interesses acima de qualquer coisa, mostrando que é apenas um interesseiro e venal, indigno de representar alguém.

Mirian Souza .

Parabéns!!! Brilhante como sempre!!! Ainda bem q o Brasil tem pessoas com tanta lucidez como vc!!!

Edgard de Castro Filho .

Parabéns! Essa é a verdade, que muitos que sofrem, não entendem ou não querem ver, Para essa turba é o melhor, o quê eles querem. Abs

Ary sacchet .

Parabéns pelos seus belos textos. Verdadeiros e impregnados do puro patriotismo.

George .

Discordo só de uma coisa, mesmo que Bolsonaro loteasse o governo, essa corja iria querer sempre mais. Eles não aceitam um ex militar no governo. É não percebem que estão empurrando o Brasil para um novo governo Militar. Eu prefiro o governo do Bolsonaro. Mas não acredito que eles vão dar sossego. Talvez seja necessário retirar esses bandidos da vida pública antes.

Luiz Eduardo Paes Leme .

Perfeito como sempre, mestre. Os covardes e chantagistas só prevalecerão diante do silêncio dos bons. Mais uma vez os bons gritaram e os covardes enfiarão o rabo entre as pernas e se recolherão às suas insignificâncias. O Brasil vencerá.

Menelau Santos .

A grande mídia perdeu toda a vergonha na cara mesmo. São simplesmente absurdas as chamadas do Portal UOl por exemplo. Perderam toda, mas toda a credibilidade mesmo. É o pessoal chamando o Presidente de arruaceiro, é dizendo que o Bolsonaro tá espalhando o vírus, é dizendo que o Presidente está sendo isolado. Que é irresponsável. Que merece impeachment. Há mentiras para todos os gostos. Agora, sobre as palhaçadas do Congresso nem uma palavra. Pra mim acabou a grande mídia, a única coisa que restou de maior credibilidade que se possa ler lá só o horóscopo mesmo.
1/1
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos do Puggina