Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

Artigos do Puggina

Voltar para listagem

ELEGER BOLSONARO FOI BOM, MAS NÃO BASTA.

por Percival Puggina. Artigo publicado em

 

 Escrevo a 48 horas da posse do novo presidente da República. Pela primeira vez, desde a eleição para a Constituinte de 1985, quando o país começou a ser redesenhado com mãos radicais, teremos um governo conservador e liberal. Foram 33 anos de consistente e persistente destruição dos fundamentos de uma nação respeitável. E perdemos o respeito, inclusive o respeito próprio. Passamos a debochar de nós mesmos e chegamos ao mais sincero e profundo autodesprezo. Produto de labor político ao longo de três décadas de hegemonia esquerdista em nosso país.

 Tempos de tolerância e conivência com tudo que é mau e faz mal, e de intolerância e aversão a tudo que é do bem e faz bem! Tolerância com o desrespeito à lei, com a corrupção e com a criminalidade rueira. Tolerância com o professor que não ensina e com o estudante que não estuda. Tolerância com o aparelhamento político e partidário da máquina pública. Intolerância com a verdade, a virtude, o bem, ordem, a autoridade, a transcendência. É longa, muito longa a lista das vilanias e flagelos que não vieram com as drogas. Não, as drogas vieram com os flagelos e as vilanias.

É numerosa a multidão dos indignados, dos prejudicados e dos inconformados com a vitória de Jair Bolsonaro. Nosso presidente vai enfrentar forças que jogam duro na regra do jogo e muito mais duro fora da regra do jogo através do conjunto de organizações e organismos, nacionais e internacionais que atuam sincronicamente. É o que se poderia chamar de PT Corporation e inclui a mídia amiga interna e externa, associações, movimentos sociais, aparelhos de “direitos humanos” e “ambientalistas”, grandes fundações com interesses globalistas e assim por diante.

Serão lançadas sobre o novo presidente as flechas envenenadas pela injúria, pela difamação, pela mentira e trampolinagem. O governo será atacado interna e externamente. E é bom que estejamos atentos para que essa orquestração não nos confunda, não nos faça recuar no apoio e no prestígio que, com nosso voto, conferimos ao presidente e aos compromissos que firmou com a nação.

No entanto, o governo não será exitoso apenas se puser em prática o receituário conservador de defesa da família, da infância; do combate à corrupção, à criminalidade, à impunidade; da regência dos valores, enfim. Seu sucesso dependerá, igualmente, do receituário liberal, que enfrentará impopularidade, pois medidas saneadoras da desordem e do déficit fiscal são impopulares em qualquer país. Sem elas, porém, o Brasil não sai de uma crise que preserva seu curso e aponta para um horizonte assustador. Não podemos, neste momento decisivo, entregar o país ao discurso irresponsável dos que criminosamente o quebraram. Temos que fiscalizar nossos deputados e permanecermos firmes com aquele a quem confiamos nosso voto.

Por fim, que venha o primado da verdade, da transparência, dos erros reconhecidos sob as lentes da lei e da Justiça para todos.

Que Deus abençoe o Brasil, neste seu renascimento de 2019.


* Percival Puggina (74), membro da Academia Rio-Grandense de Letras, é arquiteto, empresário e escritor e titular do site www.puggina.org, colunista de dezenas de jornais e sites no país. Autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia; Pombas e Gaviões; A tomada do Brasil. integrante do grupo Pensar+.

 

 

Compartilhar

Comentários

adilson .

Há muito à ser feito e o potencial de destruição do partido das trevas não foi neutralizado ainda.Malicia ,mentiras,um jeito de expressão que engana e degrada.Passei a sentir grande raiva dessa geração cultuadora de ditadores e genocidas,e ler seus escritos e de alexandre garcia dando nome as coisas,tais como sempre foram chamadas ,com serenidade ,firmeza e perceber que essa linguagem ainda tem efeito,me enche de esperança.Muito à ser feito,mas esperança!Feliz ano novo senhor Puggina!

MarioW .

Perfeito, Prof. Puggina! Tendo seu alerta em mente, vamos à luta! Feliz 2019!!!

Isac .

NO ESQUERDISTA UOL: O PT QUER TENTAR BARRAR POSSE DE ARMAS POR CIDADÃOS E 61% É CONTRA AS ARMAS - QUANTA SAFADEZA NESSA (DES)INFORMAÇAO... Todos os partidos comunistas são contra a posse de armas pelos cidadãos - por trás a ONU tb - para, se tentarem ou derem um golpe, o povo não saber e poder de como se defender - evidente! FAZENDO-NOS UM FAVOR: Os derrotados e humilhados pestistas não querem comparecer à posse de Bolsonaro - um favor que nos fazem pois dispensamos ver os focinhos de eqüinos! O lugar de muares é estarem nos currais, haras, pastos etc., locais apropriados para permanecerem os animais! Estamos atentos aos movimentos anti Bolsonaro das esquerdas e daremos o troco apropriado a seus desafetos com odio pela humilhação sofrida e o bandido preferido deles preso, o cangaceiro Lulampião, inveja e despeito de nós e dores pelos pés no traseiro que lhes aplicamos! Se necessario, repetiremos a dose do medicamento "sossega-leão"!

Ricardo Dias de Souza .

O preço da liberdade é a eterna vigilância.

Ribeito .

EXCELENTE, Puggina. É exatamente esse o alerta a fazer. Conseguimos tirar os petralhas, a maldição da esquerda, mas não podemos dar chance a essa gente que defende o atraso e os horrores do comunismo sem ao menos conhecê-lo. É como diz o Conselheiro Acácio: “o pior cego é o que não quer enxergar”.

Daniel Cruz .

Com certeza teremos que apoiar o nosso Presidente, vigiar e combater estes canalhas que nos conduziram a este colapso, a esta destruição moral, política e econômica! Parabéns Professor Percival Puggina!!!

Heloisa .

Belo texto. Não tenho memória de um presidente eleito tão cobrado, difamado e execrado sem ter exercido sequer um dia de mandato . Precisamos mais que nunca manter o foco . O PT é excepcionalmente bom em difamar e destruir reputações. Lembremo-nos de “ fora Collor, fora Itamar, fora FHC”, em resumo, fora todos aqueles que venceram nas urnas, exceto, naturalmente, os “ companheiros”. Usam de todos os meios, inclusive tentativa de assassinato. Foco, pessoal, por favor, e obrigada ao Sr. Puggina por suas pertinentes publicações.

Dalton C. Rocha .

Por favor. Sou e sempre fui, direitista assumido. Sou um “coxinha” pleno. Não obstante, eu tenho de dizer, que o sistema político, inclusive a Constituição de 1988, limitam demais aquilo, que um presidente do Brasil pode fazer de bom. Sim, eu acho que Bolsonaro não usará do poder, para o enriquecimento pessoal. Isto serve, como bom item de biografia mas, num país onde tem mais de 50 mil políticos e mais de 90% deles rouba, isto é mais detalhe, que qualquer outra coisa. Um outro exemplo. Acabou o envio de recursos a Cuba. Muito bem, mas incluindo a grana para os médicos cubanos, menos de 0,1% do gasto público do Brasil, nos últimos dois anos foi de fato enviada para Cuba. Mais uma vez, isto é mais um detalhe, que qualquer outra coisa. Na história da humanidade, o país que saiu de país pobre a país rico mais rápido, em todos os tempos, foi a Coréia do Sul, tendo tal país levado mais de trinta anos, neste caminho. Além de ter só um mandato de quatro anos, Bolsonaro ainda por cima não tem nem remotamente, as condições externas e menos ainda internas, que a Coréia do Sul teve de 1960 a 1990. Este é ou deveria ser, o objetivo maior de Bolsonaro: Fazer o Brasil ter um razoável sistema educacional. Sem isto, a crise econômica, que já durou quatro décadas seguirá pelo governo dele, abrindo o caminho para o PT voltar ao poder, no Brasil. Na melhor das hipóteses, o pouco que se sabe de Bolsonaro, o mostra mais como um Pinochet, que uma outra coisa. Ser tal e qual Pinochet na economia é o limite do melhor, que um realista como eu, realmente espera de Bolsonaro. Pinochet fez coisas certas, na economia chilena, concentradas em seus últimos anos de governo. A feliz escolha de Ricardo Velez Rodriguez, para ministro da educação, me deu muita alegria. Afinal de contas, o sistema educacional do Brasil é um lixo. Tornar tal sistema educacional, em alguma coisa, ao menos regular é ou deveria ser, o mais importante objetivo de Bolsonaro. Mantido o sistema educacional do Brasil, mais ou menos do mesmo jeito, que aí está, manterá o Brasil na crise econômica, que o assola há quatro décadas consecutivas. Nesta situação, com a educação no Brasil, basicamente do mesmo jeito, o retorno do PT ao poder, se tornará inevitável, em apenas quatro anos. A esquerda toda sabe disto. É esta, a real fonte de ódio pelo colombiano Ricardo Velez Rodriguez e por Bolsonaro. Que Bolsonaro use cada dia de seu governo, na limpeza do lixo marxista, que há décadas, tomou conta de todo o sistema educacional brasileiro. Trocar inúmeros livros didáticos será, um bom começo. Basta de décadas de livros marxistas sendo impostos, em todos os colégios, às nossas crianças e aos nossos jovens. No final das contas, eu sou otimista com Bolsonaro. Afinal de contas, se até sob o governo de um picareta como Michel Temer, o Brasil melhorou, por que não melhoraria ainda mais, sob Bolsonaro?

Anira .

Que Deus abençoe e ilumine os caminhos do Nosso Presidente, que ele seja honesto consigo mesmo e tenha em seus acessores pessoas também honestas com os mesmos propósitos de reerguer o Nosso Brasil. A esperança é a última que morre e nós brasileiros queremos poder ter orgulho do nosso lema “ Ordem e Progresso. “ Feliz 2019 a todos nós brasileiros e que cada um consigamos fazer a nossa parte.

Andre Gnoatto Silveira .

Puggina, assisti varias palestras suas. Não entendo como pessoas do bem, talvez cegas, apoiaram e concontinua apoiando, agora torcendo para que tudo que o novo governo faça de errado, para talvez justificar os seus fanatismo.

Carlos Alberto Fuhrmeister .

Parabéns Mestre Puggina. No entanto só palavras não bastam. Em primeiro de janeiro inicia -se no nosso país um novo período da história pátria. Nesse dia também terá início uma nova batalha eis que a guerra continuará exigindo de todos os brasileiros de bem um perpétuo cuidado com criminosos petistas e curiola. Um excelente 2019 a todos e que possamos vislumbrar um magnífico porvir para a nossa Nação

Menelau Santos .

Texto direto e maravilhoso. A má tolerancia tambem é um caminho para uma nação se perder.

Abrahão .

O preço da liberdade é a eterna vigilância. Reconnquistamos nosso país. PT nunca mais!!! Feliz 2019, mestre.

Liberalino Matos de Carvalho .

Parabéns, excelente alerta, para o novo gestor do Brasil, a partir de janeiro, a turma do quanto pior melhor, vão tentar de todas maneiras dificultar a nova administração, estaremos sempre alerta.
1/1
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos do Puggina