Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

Artigos do Puggina

Voltar para listagem

ISSO JÁ VIROU BULLYING!

por Percival Puggina. Artigo publicado em

 

Os eleitores que venceram o pleito presidencial de 2018 vêm sofrendo um bullying dos poderes de Estado e da grande imprensa. Esta última, especialmente, não se conformou em momento algum com o resultado das urnas. Dezenas de milhões de brasileiros são acusados então, cotidianamente, pelos grandes meios de comunicação, de fanatismo e irresponsabilidade política. Em tais imputações, essa mídia tem parceria de ministros do STF e de parcela que já se revelou majoritária no Congresso Nacional. Num surto de asnice, qualificam como antidemocrática a manifestação agendada para o dia 15 março.

Têm saudade do ancien régime. Não querem que o povo vá à rua. Que aguente calado o bullying a que está submetida sua esperança de um país renovado e melhor.

Cabe bem a pergunta: a tão reverenciada liberdade de opinião não alcança o povo quando ele se manifesta, ordenadamente, em espaço público?

Se o bullying midiático incomoda o cidadão, que dizer-se do próprio presidente, atacado em três turnos, sete dias por semana, pelos protagonistas da cena política? Ora é a grande imprensa cuja tarefa, aroud the clock, consiste em atingir o governo com todas as suas forças. Ora são ministros do STF que, indignados com as prisões dos endinheirados corruptos e corruptores, réus confessos que causaram terríveis danos ao país e que ainda estão a devolver bilhões em dinheiro roubado, abrem-lhes as portas da liberdade e esbofeteiam a roubada nação. Ora, são os congressistas, a fazer pirraça e a dar “lições” ao governo, derrubando seus vetos, deixando vencer medidas provisórias, deturpando projetos do Executivo para fazer com que seus efeitos sejam o oposto do pretendido pelo governo. Esses revides legislativos ocuparam muito da pauta do Congresso no ano de 2019!

De um modo bem seletivo, essa engrenagem e o respectivo bullying vão direcionados, também, aos membros do governo que, por suas responsabilidades de gestão, expressam convicções com palavras e atos.

Porém, – "Ah, porém!" – existem as redes sociais.

Graças a elas, democratizou-se o direito à informação e a liberdade de expressão se tornou efetiva para 127 milhões de brasileiros com acesso à Internet. Foi assim que, dentre eles, milhões se descobriram conservadores, que outros milhões se reconheceram liberais e passaram, todos, a ter vida intelectual e política inteligente e independente. Foi assim, também, que a grande mídia, tornada militante, passou a afundar no descrédito. Deliberadamente, confunde com “ataque ao Congresso e às instituições democráticas” a crítica aos congressistas. Deliberadamente, silencia diante de parlamentares corruptos, protetores de corruptos e vendilhões dos próprios votos. Deliberadamente, contradiz seu próprio discurso de décadas contra emendas parlamentares e compra de apoio no parlamento. E se torna importante incentivadora da mobilização para o dia 15 de março.

_______________________________
* Percival Puggina (75), membro da Academia Rio-Grandense de Letras, é arquiteto, empresário e escritor e titular do site www.puggina.org, colunista de dezenas de jornais e sites no país. Autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia; Pombas e Gaviões; A Tomada do Brasil. Integrante do grupo Pensar+.

  

Compartilhar

Comentários

Pedro Amaro Ramos Machado .

Amigos. Sou Jair Bolsonaro por ser um ficha limpa! Por ser um político sério, defensor da FAMÍLIA, da ética, da moral e dos bons costumes. Está lutando para cumprir as suas promessas em que pese a chantagem do CONGRESSO e STF, somem-se outros entes que estamos cansados de ver e ouvir. Deus está conosco! Brasil acima de tudo!

RONALDO LUIZ TENÓRIO DE OLIVEIRA .

Falo especificamente ao nosso amigo Adão Silva Oliveira. Concordo que seja responsabilidade do executivo o tumulto que vem ocorrendo no INSS, porém o amigo há de convir que isto vem ocorrendo de longa data. Agora com a reforma da Previdência está sendo pensado em melhorar o programa. Vamos dar tempo ao nosso Presidente para agir no sistema e responder dignamente aos anseios da sociedade, principalmente no INSS.

adao silva oliveira .

Sim, meus Caros. O Congresso, o Judiciário e a imprensa é tudo o que foi dito no belo texto e comentários. Mas e a FILA DO INSS como fica nisso. Não é o Executivo responsável por essa inoperância??? Penso que o Presidente não pode deixar também de ser alvo desta manifestação. Não podemos ser refém de nossas paixões.

Sidney .

Poooo Percival ; precisaremos ir às Manifestações sempre ? Tem ALGO ... que não acontece p evitarbisso neee ? Explica ainmeub!!!!

Menelau Santos .

O pessoal da esquerda esqueceu o que o mestre mandou fazer, andarilhagens? Paulo Freire disse que queria o pais cheio de "marchas históricas". Marcha dos reprovados, marcha dos que não tem escola, marcha dos que querem amar e não podem. Ah tá! Marcha dos que querem um congresso e um STF melhor não pode!

Carlos Edison Fernandes Domingues .

PUGGINA O que escreveste é um hino à PÁTRIA para ser entoado no dia 15 de março. Carlos Edison Domingues

Luiz R. Vilela .

O dinheiro, ah, o dinheiro. É disso que o político gosta, é isso que o político quer. O dinheiro, dizem não trazer felicidade, porém ajuda bastante. Antigamente, essas coisas que estão acontecendo, dizia-se, é o choro da mamadeira. O indivíduo inconformado com o governo, criava-lhe muitos obstáculos, até que recebia o devido "cala boca", e de uma hora para outra, virava governista de carteirinha, era a "convicção" política se manifestando no "representante do povo". Sempre foi assim, mesmo na ditadura, um pouco menor, mas sempre com o famoso "jeitinho" prático. O PT veio, e por não saber usar os métodos tradicionais, entrou metendo os pés pelas mãos. Arrombou a boca do balão, e deixou-a esgarçada, sem ter mais conserto. ficou irremediavelmente danificada. Os da política velha, como se diz popularmente, que: "Não se ensina truques novos para cavalos velhos", continuaram a achar que o Brasil seguiria sendo o paraíso da corrupção, também introduziram os recém chegados nas delícias do dinheiro público, só não contavam que o povo já estava cansado da roubalheira, apoiou a "lava jato", e ainda de lambuja, elegeu o Bolsonaro. O capitão que pensa em voz alta, e tudo que vem a cabeça, sai pela boca, esta demonstrando galhardamente que enquanto a cachorrada late, a caravana passa e aos trancos e barrancos, vai levando o seu governo. Hoje no pais, não tem qualquer congressista ou ministro do STF, com "culhões", para protagonizar o impedimento de um homem que foi eleito com quase 60 milhões de votos. A imprensa tradicional, esta dando seus últimos suspiros, sem a bolsa da viúva, já era, e nós vamos tocando a vida, rindo dos "esperneantes", porque sabemos o que lhes falta, e o que querem.

Rodinei .

Está proibido se manifestar contra os chantagistas??? E se dizem defensores da democracia

Eduardo Timponi de Moura .

Excelente artigo. Parabéns, pura realidade.

Donizetti Aparecido de Oliveira .

Brilhante como sempre, e na essência o que a mídia, o congresso e o stf estão praticando é puro bullying, e isso é crime passível de severa punição. Todos para a rua no dia 15/03, porque o preço da liberdade é a eterna vigilância. Não podemos permitir que facínoras engravatados nos digam o que podemos ou não podemos. DIA 15/03 vamos às ruas, EU VOU.

adao silva oliveira .

É. Mas tem coisas que não dependem do congresso, tampouco só de "fé", "valores conservadores" e outras coisitas mais. Por exemplo, estou com meu pedido de aposentadoria aguardando já 7 meses. Na consulta só aparece o chato e tradicional "Em análise". O presidente vai para frente da televisão dizer que vai convocar militares. Até agora, nada da medida provisória anunciada. Ao mesmo tempo, está todos os dias dizendo coisas que não interessa à gestão pública. O que tem a ver o governo federal com uma morte de um ex-policial na Bahia???? Votei no segundo turno para tirar o PT e ver se a vida ia para frente. Com todo respeito, não me interessa saber que religião professa o presidente, para que time ele torce. Espero que as coisas funcionem. Só isso, nada mais.!!!!

FERNANDO A O PRIETO .

Não precisamos do consentimento da "grande imprensa" nem dos "artistas" nem dos "defensores de direitos humanos e das minorias" para nos manifestarmos! Precisamos apenas manter-nos nos limites da lei, respeitando a propriedade estatal e privada e o direito de ir e vir dos que não participam da manifestação (coisa que as manifestações promovidas pelo PT/CUT e satélites NÃO fizeram)! Porque esses "soi-disantes" defensores do interesse popular não se manifestam quando, por exemplo, Lula vai à Europa com o nosso dinheiro? Seria muito melhor aplicada uma manifestação sobre isso do que comentar a língua-solta de Bolsonaro, em ocasiões em que poderia e deveria ficar calado sem incorrer em omissão de dever. Claro que isso é um defeito dele, mas nem de longe tão grave quanto a roubalheira de governos anteriores.
1/1
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos do Puggina