Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

Artigos do Puggina

Voltar para listagem

LUIZ CARLOS PRESTES - A INCORRIGÍVEL HISTÓRIA DE UM MEMORIAL. E FASCISTA É A MÃE!

por Percival Puggina. Artigo publicado em

 

 Na véspera do dia em que se celebravam os 25 anos da queda do Muro de Berlim, um grupo de cidadãos marchou pela Avenida Borges de Medeiros, em Porto Alegre, rumo às obras do Memorial Luiz Carlos Prestes onde realizaram breve protesto. Denunciavam um paradoxo. E bota paradoxo nisso! Enquanto o mundo livre e civilizado rememora o fim do Muro, maior evidência do fracasso do comunismo, em Porto Alegre ultimam-se as obras de um Memorial que permanentemente exaltará tal regime através do personagem que, com maior ênfase, simboliza a luta suja por sua implantação no Brasil.

O Memorial é um projeto do arquiteto Oscar Niemayer, o milionário mais festejado pelos marxistas-leninistas. Sua construção e instalação foi proposta à cidade de Porto Alegre em 1998 pelo petista Raul Pont, então prefeito da Capital, em projeto que enviou ao legislativo municipal, obtendo inimaginável aprovação pelo voto majoritário dos edis.

As coisas teriam terminado por aí. O prefeito teria atendido seus amigos da foice e do martelo e destinado o terreno para o projeto. A Câmara teria feito mais uma de suas tradicionais trapalhadas. O terreno viraria estacionamento ou depósito de lixo. E assim foi, de fato, por muito tempo. Até quê? Até que a Federação Gaúcha de Futebol, interessada em construir seu edifício-sede, estendeu olhar cobiçoso para aquele privilegiadíssimo local.

Pintou negócio. De onde menos se poderia imaginar, apareceu dinheiro para que se completasse a ofensa ao caráter democrático do povo de Porto Alegre. Assim: a) o terreno seria dividido ao meio; b) a Federação ficaria com uma das metades do que não lhe pertencia; e c) em retribuição, entregaria à cidade, pronta e acabada, a fatídica obra. "Não, muito obrigado!", diríamos, por certo, eu e o leitor destas linhas. Afinal, não faltam obras mais urgentes e necessárias à nossa população. Mas nossa Câmara, liderada pelo empenho dos vereadores da bancada do futebol disse o contrário. E nos brindou com essa histórica ridicularia.

Nem virando a cidade pelo avesso se congregariam em Porto Alegre, felizmente, adeptos do comunismo em número suficiente para reunir os meios necessários à construção do Memorial. No balcão das negociações da FGF com a bancada do futebol, ele saiu de graça. Bem como costumam ser as coisas comunistas - tudo, sempre, com o dinheiro dos outros. Então, sob o egrégio patrocínio dos pagantes de ingresso para jogos de futebol e dos cidadãos de Porto Alegre, o comunismo, varrido a grito do Leste Europeu, ganhará um vexatório memorial em Porto Alegre. Será nossa homenagem a um mau brasileiro, traidor de sua pátria, agente soviético no Brasil, responsável direto e indireto pela morte de muitos brasileiros.

Tais mortes deveriam estar elencadas no prontuário de Prestes! Sua Coluna, tão famosa quanto inútil, foi um delírio do líder que lhe deu o nome. Arregimentados morriam de doenças e de fraqueza. Enquanto se deslocou pelos famosos 25 mil km, fugindo dos combates contra as forças oficiais, deixou um rastro de torpezas e destruição (1). Após sua conversão à foice e ao martelo, aliou-se ao profissionalismo assassino do Partido Comunista da URSS e, nessa condição associou-se aos autores de repetidos genocídios. Também caem na sua conta os mortos da Intentona Comunista de 1935.

Lamentável, também, foi o tom das matérias que divulgaram o gesto democrático, cívico e ordeiro da pequena marcha pela avenida Borges de Medeiros até as obras do Memorial no dia 8. Habitualmente, o esquerdismo descerebrado que se alojou nas redações de certos veículos procura desqualificar como fascista todo e qualquer repúdio ao comunismo. Foi o que, ora explícita, ora veladamente, fizeram neste caso. Tais notas são redigidas como se ser anticomunista fosse fascismo e não fosse uma imposição moral incidente sobre todo cidadão que conheça História! Aliás, essa mesma História ensina que, ao longo do século passado, os comunistas, sem qualquer constrangimento, eliminaram dezenas de milhões de seus próprios conterrâneos civis, sob idêntica alegação! Eram ditos fascistas e destinados às fossas coletivas todos que se opunham à malignidade do totalitarismo vermelho, que se auto condenou com o famigerado Muro, cujo fim foi celebrado, no domingo passado, para irritação de certos redatores.

(1) NARLOCH, Leandro. Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil . Editora Leya, 2009.
_____________
* Percival Puggina (69), membro da Academia Rio-Grandense de Letras, é arquiteto, empresário e escritor e titular do site www.puggina.org, colunista de Zero Hora e de dezenas de jornais e sites no país, autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia e Pombas e Gaviões, integrante do grupo Pensar+.
 

Compartilhar

Comentários

Luciano Buisine .

Expresso meu respeito e admiração pelo jornalista Percival Puggina, pelos excelentes comentários ou críticas feitas sobre a suja e medíocre política brasileira. Uma pena é que por iniciativa dos nossos governantes, poucas pessoas têm a oportunidade de ler seus artigos, como também, de outros conceituados jornalistas. O governo que tanto fala em educação da boca pra fora, prefere a ignorância, pois ela é sinônimo de desinformação e responsável direta pela maioria dos votos que os políticos obtém nas urnas de tecnologia duvidosa.

Dante Ignacchitti .

Puggina significa, nesse país, um dos poucos e potentes faróis que iluminam e guiam os brasileiros do bem esse mar tenebroso, tempestuoso e perigoso em que se transformou o Brasil; devemos segui-lo e ouvi-lo com extrema e grata atenção. Obrigado, Puggina, a História haverá de reconhecê-lo, entre os grandes da Pátria.

Diego .

Era a mãe. kkk

armando fialho fagundes .

Ora, Pugina, depois de todos os comentários, o que mais dizer? Federaçao de futebl e vereadores que aprovaram são uns calhordas, vagabundos e despreziveis.

MOVIMENTO INTEGRALISTA E LINEARISTA BRASILEIRO .

Mais um show de lucidez do nosso amigo Percival Puggina, intelectual de verdade a imortal de verdade. Deus te ilumine Percival. Anauê Brasil!!

João Carlos Prolla .

Excelente artigo. Sugiro que uses teu espaço na ZH para publicá-lo e levar a mais pessoas tão lúcida posição.

LUIZ CARLOS .

COMENTÁRIO LÚCIDO E COERENTE, COMO SEMPRE O FIZESTE. PARABÉNS!

Sérgio Alcântara, Canguçu RS .

Percival e companheiros, precisamos exigir de nossos representantes nos PARLAMENTOS, posturas mais incisivas, críticas e FUNDAMENTADAS em relação a disparates como este. Se procederem desta forma, além de oferecer obstáculo a esta infindável consagração da simbologia marxista, estarão contribuindo substancialmente para que o povo brasileiro vá, aos poucos, tomando pé do FOSSO IDEOLÓGICO em que foi mergulhado. Sou incansável defensor da ideia de que precisamos resgatar, QUALIFICAR e FORTALECER a DIREITA neste país, que há muito padece com a falta de perspectiva em relaç��o a um panorama político EQUILIBRADO e uma democracia verdadeiramente REPRESENTATIVA. Abraços a todos!

Giovanni Sponhardi .

Demais Pugina ótimo texto Parabens. Lamentável que Porto Alegre tenha um memorial para um lixo como este, imagina quando o Lula morrer, vão construir um museo.

Abe Veiga .

Parabéns pelo texto perfeito e pela coragem,pois hoje em dia diante de tanta lavagem cerebral que recebemos dos setores de esquerda está cada vez mais difícil falar a verdade!

Magalhães Antonio .

VIVEMOS A DEMOCRACIA NAS TRES BASES DE CLISTENS 510a.C (Isonomia, Isogoria e Isotimia) ? VOCÊS GOSTAM DE DEMOCRACIA NÉ? ENTÃO TOMEM! 1. JBS Friboi - 162 deputado(a)s - R$61,2 milhões 2. Grupo Bradesco... http://fb.me/1mAlKThis

Roberto Fernandes .

Muito bom texto, fora comunas!!!

Julio Cesar Pires .

Genial seu comentário, comunismo não leva a nada. Qual país comunista que foi pra frente? Nenhum. Comunismo é retrocesso. E ainda este bando do PT fica idolatrando este traidor. Bom basta ver o bando que esta governando o nosso país.

Gastão Nachtigall .

Mais de 130 alemães morreram tentando pular o maldito muro de Berlin (dados oficiais ), e aqui se constroem monumentos a estes que os mataram . Monumento a verdadeiros assassinos, totalitários e opressores. Sugiro uma lei para que seja divulgado no Memorial ( para que este nome não seja também uma mentira ) o número aproximado de pessoas que morreram debaixo das armas comunistas . Certamente são centenas de milhões. Memorial é para isto : lembrar e NÃO REPETIR MAIS.

Wilson Tadeu Pires .

Entre o Brasil e URSS fico com a URSS. Esta frase este traidor pronunciou. Não merece nem uma cova rasa que dirá um memorial. Eta petezada ladrona.
1/2
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos do Puggina