Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

Artigos do Puggina

Voltar para listagem

LULA, O PAPA E A DESINFORMAÇÃO

por Percival Puggina. Artigo publicado em

 

O papa Francisco recebeu Lula em audiência privada. O fato prova quanto é bem sucedida a campanha de desinformação promovida pela esquerda em relação à política no Brasil a partir de 2016. Apesar de ser essa uma atividade intensa e ostensiva, muitos ainda não entenderam o quanto ela é eficaz. Quem é de esquerda acredita. Se duvidar, dê uma olhada no que milhões afirmam insistentemente nas redes sociais. Para sucesso dessa desinformação, convergem, entre outros, certos partidos políticos, grandes empresas nacionais e estrangeiras de comunicação alinhadas com a esquerda mundial e seus correspondentes lá e cá, governos e ONGs com interesses contrariados em nosso país. E por aí vai a rede, desinformando e desorientando opiniões. A esse elemento, essencial à sobrevivência da esquerda, somam-se a notória sensibilidade do Papa às teses dessa corrente ideológica (esquerda populista), a atividade de nossa conhecida CNBB, e a proximidade de Francisco com D. Cláudio Hummes (cardeal mais próximo dele e amigo pessoal de Lula há mais de meio século).

Quando o Papa diz a Lula que “é bom vê-lo caminhando na rua”, revela sua convicção de que está diante de um “injustiçado” que, aliás, não pode “sair para a rua” porque recebe vaia. Uma gigantesca desinformação, à qual pessoalmente se integrou, sobre a realidade brasileira. E não lhe faltam desinformantes. Assim, não me surpreende, também, que as notícias dessa audiência mencionem acriticamente haverem, os dois, discutido e pensado “soluções sobre injustiças e desigualdades no mundo”.

Para quem sabe como a banda toca, pode haver maior incompatibilidade quanto a do interlocutor do Papa e essa pauta? Lula teve um passado humilde e tem um presente abastado. Quanto do que é seu, abriu aos pobres? Não há senão hipocrisia nisso que os franceses chamam bourgeoisie de gauche (burguesia de esquerda). A propósito, Louis Maurin, diretor do francês Laboratório das Desigualdades, parece tratar do Brasil e não da sua França quando fala em burguesia cultural...

Lula é réu condenado em dois processos por corrupção passiva e responde a outras quatro ou cinco ações semelhantes em diferentes juízos e tribunais. Os crimes por cuja prática tem sido denunciado e condenado envolvem relações escusas com os interesses de grandes empresas em negócios com o governo. Essas empresas e esses interesses, durante a gestão lulista, ensejaram o surgimento de organizações criminosas que beneficiaram partidos políticos da base do governo à esquerda e à direita, transformando seus anos de gestão em tempos de desenfreada corrupção. Nunca na história roubou-se tanto de um povo, amplificando “injustiças e desigualdades”.

Mais de R$ 14 bilhões são previstos para recuperação pela força-tarefa de Curitiba. Destes, R$ 4 bilhões já foram restituídos pelos ladrões. Numa ponta, a dinheirama financiou campanhas, desequilibrou disputas eleitorais e comprometeu a representatividade em nossa incipiente democracia. Noutra, construiu imensas fortunas pessoais. É incalculável o dano que essa roubalheira causou à economia e aos mais pobres, desencadeando desemprego e recessão.

É bom lembrar que Lula, em audiência presidida pelo juiz Sérgio Moro, interrogado sobre quanto ganhava por mês, reconheceu algo que não se pode admitir de uma pessoa adulta, não interditada: não soube dizer quanto ganhava.

A governança instituída por ele não inventou a corrupção, mas promoveu um upgrade de tais proporções que a mais fornida conta corrente do visitante de Sua Santidade não era em algum banco, mas no Departamento de Operações Estruturadas da Odebrecht.

 

_______________________________

* Percival Puggina (75), membro da Academia Rio-Grandense de Letras, é arquiteto, empresário e escritor e titular do site www.puggina.org, colunista de dezenas de jornais e sites no país. Autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia; Pombas e Gaviões; A Tomada do Brasil. Integrante do grupo Pensar+.

 

Compartilhar

Comentários

José Carlos Silveira Azambuja .

Penso que a grande verdade é que o Papa deu um "tapa na cara" do povo brasileiro. Desrespeitou o Poder Judiciário do nosso país, desconsiderando decisões de segunda e terceira instância, que condenaram o sujeito a quase vinte anos de prisão, em apenas dois processos por corrupção provada. Eu, como católico, me sinto envergonhado da liderança da Igreja de Jesus Cristo. "Infeliz daquele que escandalizar..." DEUS os perdoe... é o que peço.

Rivo .

Como chefe de estado, o Papa seria tão desinformado sobre Lula quanto Trump sobre o ditador da Coreia do Norte. A verdade é que o Papa simpatiza com esses chefetes esquerdistas. Resta sobre por quê.

Brenda Fernandes Aprigliano .

Me desculpem os que discordarem, mas esse caso de amor espiritual de Lula/Bergoglio não é desinformação, mas um caso de parceria ideológica, onde a má fé é o ingrediente principal da relação. Não me parece razoável que pessoas avançadas na idade, como esses dois, possam alegar qualquer inocência num encontro de um condenado com mais processos a vir e um religioso de alto coturno com assessores para seus assuntos diplomáticos, e não desconfiem que isso ofende o povo brasileiro, que viu seu País assaltado e sucateado por este mesmo condenado. Um líder religioso que tem suas origens na Argentina com afinidades com os Kirchner's, que participou ativamente do Sínodo herege da Amazônia, que deu mais bênçãos à governos comunistas totalitários e muçulmanos do que à democráticos, que não explica a malversação do Óbolo de São Pedro e do Banco do Vaticano, não respondeu à Dubia de quatro Cardeais sobre sua Encíclica, diz que todos devemos obedecer à ONU globalista, entregou os católicos chineses ao Partido Comunista chinês, etcetera,etcetera. Se fez tudo isso, sem ser de caso pensado, então é um caso gravíssimo de demência e deveria ser recolhido e substituído antes que destrua de vez a Doutrina e a própria Igreja Católica. Quanto a existirem 40% de eleitores do Lula, aí já é um caso de patologia mais grave ainda, de falta de autoestima, de apreço à vida e alto índice de analfabetismo funcional!

adão Silva Oliveira .

Caro Donizetti, Deus nos deu neurônios para poder distinguir bem entre "o politicamente correto" e o "politicamente incorreto". Tanto o ladrão como o miliciano são nocivos à natureza. Ou seja, entre o preto e o branco existe o cinza (e com uma enorme diversidade de tons).

Celia .

"Uma gigantesca desinformação, à qual pessoalmente se integrou, sobre a realidade brasileira." E esta desinformação se agiganta cada vez mais por culpa nossa. Se nossas publicações estivessem dirigidas também ao exterior, em mais de uma língua, estrangeiros teriam uma versão alternativa para questionar o que o monopólio esquerdista da informação impõe. A censura não nos silenciou totalmente, ainda dá tempo.

Waldemar .

A jogada é do Lula, com apoio do papa... Lula já iniciou campanha política e busca, ao aparecer ao lado do papa, convencer os católicos "não pensantes" de que ele é um homem bom e injustiçado... ele busca recuperar os votos perdidos no rincões do Brasil e até nas periferias das grandes cidades... Pouco importa o que foi conversado, a busca dele foi pela imagem... e a militância que se segue... analisar comportamentos de A e de B não levam ao âmago do evento...

Donizetti Aparecido de Oliveira .

Caro Adão, vc cometeu o pecado original, por isso admira Lularápio e critica o melhor presidente brasileiro de todos os tempos. E mais, petralhismo não tem perdão.

Paulo Valentin salvador .

O Papa é homem e como tal erra e tem errado bastante! Ele recebeu a Lilian Tintori?Por que ele pagou a passagem para receber o invasor do alheio Stédile? por que não parabenizou Bolsonaro quando eleito? Por que recebeu o Lula réu de graves crimes e até suspeito de assassinatos? O Papa é homem e como tal erra e tem cometido erros graves, que desmerecem a Fé Católica!

Diva .

O Papa errou feio! Vamos ver como vai se explicar . Se ê que vai ...

Márcio Gomes dos Santos .

Esse gringo/hermano, o Bergolino, deveria se ater mais aos problemas com seu ESTADO DO VATICANO, afundado em patifarias de seus súditos - padres, cardeais, bispos , arcebispos e todos os CAMARADAS subordinados a ele. Esse mané não é apto a gerir o estado, muito menos meter o bedelho na seara alheia, como no caso o nosso país.

Leda .

O papa já provou apoiar a igualdade e distribuição de renda , convocou católicos para uma religião única e globalistas. O papa convocou João Pedro Stédile, chefe do MST , para juntos lutarem pela igualdade de classe . O papa que chamou Lula ! O papa infelizmente é comunista.

PERCIVAL PUGGINA .

Alguns comentários a este artigo o contestam com base na ideia de que o papa sabe quem é Lula e conhece suficientemente a natureza de seus crimes. Meu intuito ao escrever esse artigo foi o de demonstrar o quanto são hábeis os construtores de narrativas, tema com o qual muito tenho lidado. Com a visita de Lula, o próprio Romano Pontífice se inclui nesse processo como pode ser constatado dando uma lida no que a “concorrência” tem publicado. Ela vive um surto de paixão pelo papa, cuja compreensão sobre política (e economia), conforme salientei no artigo, está subordinada a uma perspectiva esquerdista e populista bem latino-americana. Observe-se, também, que o múnus da infalibilidade é de aplicação restrita a temas de fé e moral e não resguarda o papa, em tudo mais, de cometer equívocos como qualquer pessoa. Seguramente não cobre posições e opiniões pessoais sobre a política dos povos. As opiniões de Francisco expressas por palavras e gestos são bem conhecidas entre os católicos que acompanham a vida da Igreja. Há quem com elas concorde e há quem delas discorde. Então? Parece-lhe equivocado considerar que o papa esteja mal informado sobre a realidade brasileira? Observe que há pouco mais de um ano, 47 milhões de brasileiros criados aqui, vendo TV aqui, lendo jornal aqui, ouvindo rádio aqui, votaram em Haddad para Presidente e, com ainda maior gosto teriam votado em Lula. Ou não? Na semana passada, a Veja divulgou pesquisa segundo a qual, no segundo turno de uma futura eleição presidencial, Lula teria 40% das intenções de voto contra 45% de Bolsonaro. E note bem: não são eleitores que vivam dentro dos muros do Vaticano, mas estão na fila do desemprego, na lista do Serasa, nas portas do SUS. É equivocado imaginar que o problema se resume às pessoas físicas de Francisco e Luiz Inácio, fechados os olhos ao imenso aparato de desinformação no qual a esquerda internacional nada de braçada, sem enfrentar resistência.

Fernando de Albuquerque .

O Papa e Lula têm muito em comum; ambos falam muito em pobreza, mas vivem no luxo.

carlos alberto wagner .

Foi-se o tempo que a católica se preocupava com os pobres, hj ela está preocupada com o que pode acontecer com os comunistas, corruptos e bandidos.Está empenhada em defendê-los. Papa Comunista dá nisso.

Eduardo .

Teologicamente, um Papa não tem o Direito de errar, em determinados assuntos mundanos. Ainda mais nesse assunto (corrupção de Lula e do PT) de tão notório que é. Não acredito que seja questão de má assessoria, mas de índole e conduta pessoal, que ele, papa (o atual merece um "p" minúsculo), não tem o Direito de exercer na condução da Igreja Católica. Para o 'papa' atual serve o que eu ouvi na saída da missa de domingo passado, de uma senhora sobre essa visita: "Diga-me com quem tu andas e eu te direi quem tu és.".
1/3
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos do Puggina