Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

Artigos do Puggina

Voltar para listagem

NOTAS FÚNEBRES

por Percival Puggina. Artigo publicado em

 

1. A NAÇÃO ABANDONADA

 Com as decisões de ontem, o STF evidenciou à nação o estado de abandono em que se encontra perante os poderes de Estado. Rompeu-se o fio pelo qual pendia a esperança de que em algum canto da República houvesse instituição capaz de proteger a sociedade da incompetência e da rapinagem do governo.

 O mesmo STF, que volta e meia, durante suas sessões públicas promove eleições secretas entre seus membros para postos de funções de administração e representação, exigiu comportamento inverso do poder legislativo em cuja autonomia interferiu.

Fez mais, determinou um bis in idem facultando ao Senado decidir, nos processos de impeachment, se aceita ou não a resolução da Câmara. Se o Senado (casa legislativa que representa os Estados) divergir da Câmara (casa legislativa que representa o povo), esta enfia a viola no saco e a própria decisão na lixeira. De nada terá valido.

Por fim, vedou a candidatura autônoma às cadeiras da comissão que analisará o processo de impeachment. Essa norma simplesmente dispensa a contagem de votos. A decisão sobre o andamento do processo fica transferida para os 23 líderes de bancadas. Até parece eleição cubana, que deixa o eleitor sem opção.

2. A MANIFESTAÇÃO DOS "TRABALHADORES" PRÓ-DILMA, ÀS NOSSAS CUSTAS

Abomináveis, sob todos os aspectos, as manifestações pró-Dilma na tarde da última quarta-feira. Sob forma de ato público, supostos trabalhadores, no meio da tarde, exibiram-se em diversas capitais brasileiras. Trajando seus fardamentos vermelhos, substituindo as cores e símbolos nacionais pelos símbolos e cores partidários e ideológicos, saíram ao asfalto para sustentar o governo. Assistimos, então, à notória defesa da mentira, da fraude, da dissimulação, da incompetência, da recessão, do desemprego, da inflação e da corrupção.

Trabalhadores? Sem mais o que fazer, no meio da tarde? Só podem ser "trabalhadores" sem patrão, sem compromisso laboral. Portanto, ou são servidores públicos cujos salários nós pagamos, ou são dirigentes sindicais, cujo ócio e improdutividade são incorporados aos preços dos bens e serviços que adquirimos. Ou seja, são pagos por nós...

3. A IRRESPONSABILIDADE FISCAL DO SENADO QUE VAI DECIDIR SOBRE A IRRESPONSABILIDADE FISCAL DA PRESIDENTE

Ontem, dia 17, o Senado Federal concluiu que as contas públicas estão em perfeita ordem e considerou compatível com a realidade nacional elevar os vencimentos de seus servidores efetivos no percentual de 21,3%, parcelado ao longo dos próximos 3 anos. A conta, para 2016, fica em R$ 174,6 milhões. Isso acontece num momento em que o governo, com extremo otimismo, prevê redução de 1,9% na atividade econômica do próximo ano, o que representará, inevitavelmente, queda na arrecadação. O relator do orçamento, aliás, promoveu cortes em praticamente todas as atividades do governo. E o Senado distribui favores aos seus! É essa Casa legislativa irresponsável, onde o governo é amplamente majoritário, que decidirá sobre os crimes de irresponsabilidade fiscal da presidente da República.
 

________________________________
* Percival Puggina (71), membro da Academia Rio-Grandense de Letras, é arquiteto, empresário e escritor e titular do site www.puggina.org, colunista de Zero Hora e de dezenas de jornais e sites no país, autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia; Pombas e Gaviões; A Tomada do Brasil, integrante do grupo Pensar+.
 

Compartilhar

Comentários

juscelino .

ivo koeck.. UMA MINORIA?? acredito que você não deva está falando do país que o Percival Puggina esteja falando.. É claro que tem funcionários públicos bons, mas os ruins são minoria? tenha a santa paciência...

juscelino .

bons tempos em que existia no brasil bala chita e azeitona gordal calibre 8x8.

José Lincoln .

Indignada está a grande maioria da população com essa roubalheira e incompetência, e no entanto a agonia do país se arrasta por um longo período. Indignar-se sentado diante de um teclado e a divulgação na rede social é o que vemos frequentemente sem resultados práticos. Adianta? Cadê os indignados na rua? A continuar este estado de coisas estou fadado a aturar o "socialismo" petista pelo resto da vida. Tenho 67 anos e fui em todas as manifestações e, apesar do pessimismo, não vou desistir.

Marcos TC .

O que precisa acontecer para que os homens democratas e estadistas apareçam e comecem a falar mais alto ? A sensação é a de que temos nos 3 poderes somente Argentinos Kirschneristas, tal o cinismo das decisões que vemos. Talvez amanhã um tribunal decida que atear fogo no país seja o desejo de suas majestades e ninguém vai impedi-los. Somos um povo covarde a merecer a sorte que temos, ainda que um punhado de democratas se oponha mas sem lograr sequer a metade da massa que idolatra o pai governo que tudo lhes dá e apenas pede a subserviência do escravo moderno. Quem sabe o caos total traga alguma luz para iniciar o túnel da mudança sem a necessidade de qualquer batalha, como a história mostra de nossa índole passiva.

ricardo de oliveira .

Meus pesames Brasil . Hoje mais uma vez me chega as palavras proferidas pelo saudoso presidente Figueiredo que dizia que este sindicato e partidos comunistas , quando assumissem o poder, so sairiam na bala .E o compromisso das esquerdas sempre foi levar o povo a imbecialidade , falta de educação , saude , transportes e moradia .sem questionar o povo se agrada da pouca liberdade que tem , vendo futebol no domingo , tomando cachaça e fazendo aquele pescoço de gato na grelha e achando o maximo .Todos seguindo que nem gado a estrutura montada pelos comunistas .Onde a mentira é dita exaustivamente nos jornais .quando a cerca se fechar , adeus povo tolo .que se deixou levar pela abundancia prematura de pouca vida .Nunca fomos democracia e sim uma ditadura que foi lançada a partir do 1 presidente civil no poder .A corda ja esta no pescoso de todos os brasileiros , so falta puxa-la . Quando vier o comunidmo bolivariano a guerra civil sera iminente , muitos morrerão , e os militares irão tomar partido do governo e atirar sem dó na populaçao .Sera um banho de sangue , como foi e esta sendo na Venezuela .Triste fim de um pais corrupto e tupiniquim desde do seu descobrimento . Todo brasileiro deveria ler maquiavel .E ver o pilantra lula seguir esta cartilha direitinho .Que o inferno aguarde todos estes comunistas vagabundos , que nunca produziram nada e so vivem do bom e do melhor as custas dos cofre do governo.eternos hipocritas , são os verdadeiros coxinhas .querem viver no capitalismo , mas as custas do povo e pregando sempre o comunismo como regra .bandidos .

Genaro Faria .

Quem que avisaram tantos jornalistas, que atuam nas redes sociais: o governo estará de olho na no de dezembro. Desse dia tirou a coragem para colocar mais lenha na fogueira das afrontas aos brasileiros. Aqui do esxterior, onde me encontro de férias com a família, a dor de acompanhar as notícias do Brasil é ainda maior. O governo deveria dizer a quem ficou em casa em vez de sair na rua para protestar: - Deus lhe pague! O STF decretou que la nacion (digito num teclado sem o "c" cedilha) é irrelevante juridicamente. Nada se disse dela na "histórica" tarde/noite da suprema cortesa. E o eleitor é um detalhe. O que importa sao os partidos políticos, ou blocos, e as autoridades. No popular: manda quem pode e obedece quem tem juízo.

Juan Y. Koffler A. .

Preclaro amigo Pugina, colega de tantas lutas sem quartel: Nós dois e um coro de vários outros escribas cônscios da sua responsabilidade para com a pátria, sabíamos muito bem desde o início desse imbróglio que nada correria a contento. E assim também muitos dos seus leitores (e dos meus também) fieis que compartilham com nosso consensual posicionamento. A última sessão do STF acabou chancelando os nossos temores, sem qualquer vestígio de mínima vergonha na cara, como a ratificar que estamos literalmente acéfalos, se considerados os três poderes da República. Por muito menos fomos às vias de fato em 1964 e você sabe bem disso. Cinquenta anos decorridos desse evento, a larga parcela da sociedade descomprometida demonstra não se importar com os decadentes e nada alvissareiros rumos que a pátria vem tomando, refém que é desses celerados vermelhos. Ratifico minha convicção solidamente assentada: ou as FFAA intervêm e derrubam esses sanguessugas da nação, ou seremos literalmente engolidos por essa quadrilha de marginais de luvas brancas que, de maneira célere, empurram-nos para o abismo da decadência ética, moral, conjuntural. Rezemos para que este meu vaticínio não se concretize...

Fernando Luiz Brauner .

Caro Puggina: "Acima são diversos comentarios ajuizados! Entretanto e lamentávelmente, minha visão atual, poderá ser assim reproduzida: Um verdadeiro circo se formou, no qual... Na Camara pegou fogo...No Senado participando, também, sob o comando de falso e daninho demacrata, que tem condutas à merecer repugnância... E, incrível, até STF, com palavras sofisticadas, aplaudindo e colocando mais lenha no c irco jà em chamas!" Este é o momento em que vivo... Mas sonhos, ainda tenho...Esperando novas forças à intervir! Um abraço, Amigo... De FERNANDO LUIZ

Antonio Augusto d´Avila .

Talvez tenha passado um pouco despercebida a importante manifestação do decano Celso de Melo, que fez uma peroração no sentido que seria gravíssimo o afastamento de um Presidente da República, ou seja, o STF deveria fazer algo para que essa tragédia não acontecesse. Parece que o Tribunal seguiu seu conselho.

José Luiz de Sanctis .

Realmente as notas não poderiam ser mais funestas. O STJ aparelhado por petralhas se tornou um tribunal bolivariano, fechando o Congresso e instituindo um AI-6. Evidentemente que a maioria do funcionalismo público não é de vagabundos, mas aqui em São Paulo havia vários, inclusive prefeitos petistas e sua corriola nomeada, além dos idiotas úteis que se vendem por 30 dinheiros mais um pão com mortadela, vagabundos que atrapalham a vida de quem trabalha. Manifestação nos domingos eles não fazem pois não atrapalha ninguém nem fomenta a luta de classes. Quanto a irresponsabilidade fiscal, tudo é feito para nos tornarmos uma Venezuela e depois Cuba. Meus cumprimentos pelas notas.

Percival Puggina .

Estimado senhor Amauri Reitero e amplio o esclarecimento que prestei ao senhor Kohec. Longe de mim a intenção que me atribuiu. Ela não está expressa no referido texto, de forma alguma. Era uma quarta-feira de tarde, meio da tarde, e só poderiam estar sendo transportados e prestando-se para manifestações de rua, pessoas que não tivessem patrão, supervisão, controle de ponto. Na mesma hora, milhões de trabalhadores trabalhavam, milhões de servidores serviam à sociedade. Quem poderia participar daqueles grupos de pelegos, Brasil afora? Quem não fosse pago por algum patrão, ou fosse ele mesmo patrão (o que parece altamente improvável). Ou seja, somente aqueles cuja falta ao serviço ou falta do que fazer fosse paga pelo consumidor ou contribuinte. A todos os demais que estivessem no exercício de suas funções, nenhuma restrição ou desconsideração.

Telmo Heinen .

O STF inventou a eleição em Chapa única. Nem Geisel tinha pensado nisto, rs rs rs

Amauri .

Prezado Prof. Puggina. Sou leitor dos seus valorosos artigos. Entretanto, neste, tenho que descordar o juízo feito em relação aos manifestantes que foram às ruas no último dia 16 para prestar apoio à presidente do Brasil. Tal qual o senhor Ivo Kohek sou servidor público (Justiça Federal/PA) e, nessa condição, me sinto profundamente ofendido quando vejo colocado junto com essa massa de manobra que, consciente ou inconscientemente, se deixa conduzir por esses parasitas espertalhões, a dar apoio a esse governo imoral e corrupto (desde 2002) que está levando nosso país ao abismo econômico e social. Sempre sofri quando vejo o servidor público concursado, este sim o verdadeiro servidor, ser confundido com aqueles que são levados ao serviço público por vias políticas, apenas para terem vantagens indevidas, enquanto duram os exercícios de seus padrinhos. Isso deveria ser absolutamente vedado, para que não se misturasse uma coisa com a outra. E nós servidores não sofressemos com essa mancha. Mancha, aliás, construída com o auxílio maldoso dos meios de comunicação.

Regina Marins .

Agora é hora das FFAA assumirem o governo do Brasil, como em 64 para colocarem ordem na casa. A população deve sair as ruas exigindo que os militares tirem a esta pteba bandalha do governo .

Luigi .

Caro Professor Puggina, Difícil será a jornada dos homens de bem deste país nos próximos anos. Que neste Natal, com a fé fortalecida, consigamos a força e a sabedoria para o embate que virá. Obrigado.
1/2
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos do Puggina