Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

Artigos do Puggina

Voltar para listagem

O MELHOR DO BRASIL, EM MUITAS DÉCADAS.

por Percival Puggina. Artigo publicado em

 Em relação ao que aconteceu e ao que não aconteceu no dia 27 de maio, firmo algumas certezas. Se três índios tivessem saído de Manaus a pé para Brasília, levando postulações ao Congresso, haveria forte mobilização da mídia nacional e internacional, repercutindo imagens e reivindicações. Se o senhor João Pedro Stédile, ou o frei Betto, fizessem algo parecido, as grandes emissoras de tevê acompanhariam passo a passo a peregrinação e os delírios revolucionários dos romeiros. Utopias são assim, quanto mais trágicas, maior a sedução e maior o número de adeptos. Vá entender!

 Segunda certeza. Há uma deliberada intenção de dificultar, por todos os modos possíveis, o surgimento de lideranças jovens, cujas posições, no quadrante das ideologias, se situam do centro para a direita. Para quem estava acostumado a emprenhar a juventude brasileira pelos ouvidos e, depois, levá-la pelo nariz a colaborar com os objetivos do petismo e da esquerda, é intolerável o surgimento de núcleos de contestação e reação. De onde saiu essa moçada que se vai transformando em força política?

 Isso não estava previsto. Não fazia parte do projeto. Gilberto Carvalho, então chefe de gabinete da presidente Dilma, confessou lisamente sua surpresa com o “surgimento de uma direita organizada e mobilizada”. Tal reconhecimento foi feito durante uma reunião com a turma de comunicação dos movimentos sociais, promovida para salvar o decreto dos sovietes de afogamento na onda de rejeição que contra ele se formara.

O projeto de construção da hegemonia petista precisou, então, ser revisto e as providências estão sendo tomadas. A primeira cuida de confinar esses jovens ao ambiente virtual onde teve início sua organização. É preciso transformá-lo em gueto e fazer com que dele não saiam. A segunda é desqualificar todos os grupos convertendo seus méritos em motivo de reprovação. Afinal, qual país do mundo precisa de jovens liberais ou de jovens conservadores? O bom para a hegemonia esquerdista é a militância comunista, coletivista, estatizante, castrista, guevarista, chavista, que tem o dom de destruir todas as economias e todas as sociedades em cuja teia envolve.

Os meios usuais de desqualificação não se aplicam ao caso. Não é possível identificar esses jovens com qualquer governo. Os pais deles eram crianças em 1964. Eles próprios sequer haviam nascido ao tempo da redemocratização. Nada há para agravá-los exceto o que são: liberais e/ou conservadores. Assim, esses inegáveis méritos são atacados por quem não tem mérito algum. Muitos dos que se integram à tentativa de jogar no ostracismo essa moçada brilhante – o que de melhor aconteceu ao país nas últimas décadas! - já abandonaram por desilusão moral o barco onde vinham. Já não defendem o indefensável (como fizeram por tanto tempo), mas não perceberam ainda que o problema não está no partido tal ou qual, no líder tal ou qual, mas na ideia. O que aconteceu no Brasil foi o processo natural de amadurecimento e apodrecimento de uma fruta que cairá pelo peso da gravidade. Quem quiser um Brasil melhor terá que mudar a natureza das ideias que planta.

Saibam os jovens que me leem: vocês não têm com o que se decepcionar. Vocês mobilizam a esperança de milhões de brasileiros que, como eu, não souberam fazer o que vocês estão fazendo. Vocês estão enfrentando a malícia e a perversidade das forças do mal. “Sede, pois, prudentes como as pombas e espertos como as serpentes”.
______________
* Percival Puggina (70), membro da Academia Rio-Grandense de Letras, é arquiteto, empresário e escritor e titular do site www.puggina.org, colunista de Zero Hora e de dezenas de jornais e sites no país, autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia e Pombas e Gaviões, integrante do grupo Pensar.

 

Compartilhar

Comentários

Percival Puggina .

Este blog dá força a quem merece.

André Carvalho .

A marcha até Brasília foi um fracasso retumbante, independentemente do mérito, e recebeu na mídia o espaço adequado a seu tamanho. Apesar dos esforços de alguns, o movimento iniciado em março parece ter perdido o fôlego. E como não perderia? Se até o Dem, o ex-pefelê, que não teve tutano nem para manter a sigla com que se consagrou, deu os votos decisivos para a vitória do governo na primeira rodada de votações das MP's? Certo está o Diego Casagrande: por mais corretas e necessárias que fossem as medidas, não poderiam ter sido apoiadas pela oposição simplesmente porque o governo que as patrocina não tem credibilidade alguma. Estupidamente, o Dem afagou a deletéria Dilma, coisa que já havia feito com Lula, no auge do escândalo do Mensalão. E ainda querem manter viva a chama da oposição desse jeito? Depois dessa, se eu fosse da rapaziada que gastou sola até a capital, teria dado marcha-a-ré no meio da estrada e voltado para casa...

André .

Pior que a gritaria dos corruptos é o silêncio dos decentes. Precisamos fazer mais e muitos.

Genaro Faria .

O que será do PT sem o PSDB? O que será do PSDB sem o PT? Impeachment de Lula? Nem pensar . De Dilma? Piorou. Quem se escandaliza eu entre com a palavra "Centrão". Esse rótulo foi pespegado pelo PT e pelo PSDB, com igual virulência verbal, aos conservadores e liberais constituintes de 1988. Grattez le Russse et vous trouverez le Tartare, dizia Na poleão Bonaparte. (Arranhe o russo que você encontrará um tártaro.) Pois experimente arranhar um tucano.

paulo de carvalho filho .

Puggina, cada um faz o que pode, apesar de muita gente criticar esses garotos fizeram a sua parte, foram lá e protocolaram o impeachmente da terrorista, mas também é preciso fazer o registro de que existe o acampamento de um pessoal que já está lá em frente ao congresso e do Palácio há mais de 60 dias, pedindo a intervenção militar constitucional com faixas imensas, e que no dia 27 também fizeram bastante barulho, inclusive com três carros de som! Vejam o vídeo, do pessoal dizendo tudo aquilo que todo brasileiro tem vontade de dizer para essa corja que se instalou no poder, e dizem que o som era tão alto que poderia ser gravado de lá de dentro do congresso! Da página do movimento Cruzada pela Liberdade no facebook: https://www.facebook.com/cruzadapelaliberdade/videos/671102152995989/

Eduardo .

Como sempre teus artigos são muitos bons. Recomendo começar o dia neste site e ler qualquer artigo. Abraços.

Mônica .

Maravilhoso! Simplesmente um colírio para a alma tão desgastada pelos últimos anos. Obrigada.

Genaro Faria .

Diz um provérbio que "Deus costuma rolar de rir quando fica sabendo dos projetos dos homens para o futuro". O PT, tivessem alguma lucidez seus "iluminados", deveria confiar menos em sua intelectualidade "progressista", devota da hegemonia política do partido. Eles insistem, afinal, em revogar a história em nome da sagrada causa socialista, candidatando-se ao escárnio que cobriria de vergonha um futurólogo medieval que imaginasse um mundo dominado por castelos e mosteiros. E ainda se proclamam racionalistas! Concordo com você, prezado Puggina. A melhor novidade em muitas décadas surgiu para negar o poder satânico da tirania das esquerdas. E manifestar a altíssima primazia da ética, com suas leis divinas promulgadas na consciência humana. Que os bispos do braço clerical do PT refaçam suas conjecturas sobre a supremacia do poder temporal diante da evidente falácia da soberba à qual servem como acólitos obtusos. Que Deus os ilumine!

léo guedes .

O que se sabe, Puggina, é que o sindicato dos empregados das empresas de ônibus de Brasilia resolveram fazer a greve de um dia, exatamente no dia em que os jovens chegaram à Brasília. Conveniente, não ?

mara regina heringbacim .

Fantástico. Sem comentário.

inacio santos .

Brilhante, sem comentários...

angela .

Percival Puggina seu artigo traduz o pensamento de todos nós brasileiros. Cristalino como a pura água da fonte. Que bom ler você. Angela Duarte Mineira de São Gonçalo do Rio ABaixo, recanto perdido entre as belas serras das Gerais

Zaqueu .

Como de costume, o artigo é brilhante. Era de se esperar que a mídia conivente com o desmonte da democracia e da liberdade se calasse. Houve dois fatos agravantes não foram divulgados: a paralização do serviço de ônibus urbanos em Brasília no dia 27 , o que impediu a locomoção da população para participar das manifestantes e o enxotamento dos Representantes do grupo Revoltados Online. Eles foram praticamente escorraçados do recinto da Câmara dos Deputados pelos bate-paus da Polícia Legislativa da Câmara, que mais parece estar a serviço da bandalha do PT. Hoje há um processo natural de amadurecimento impulsionado pela energia desses jovens e pelo descontentamento da população com o atual desgoverno e, em contrapartida, há o apodrecimento da moral ideológia pregada pelo socialismo regido pelo PT e pelo Foro de São Paulo. O Brasil decente repudia hoje essa pregação assim como rejeita o governo reincidente da "presidenta", haja vista que sua rejeição alcança 71% no Rio de Janeiro. "Quem quiser um Brasil melhor terá que mudar a natureza das ideias que planta" mas não pode haver esmorecimento. A batalha será ardua porque o lado negro da força usará de todos ardis para desqualificar qualquer movimento que vise mudar, para melhor, rumos do Brasil.

Gustavo Pereira dos Santos .

Dr. Percival, Sou ex-aluno da gloriosa turma 61-67 do CMRJ, há uma sólida amizade cinquentona que resiste ao tempo e a perda de muitos companheiros leais. Eu sou o folgado da turma, meu apelido é Ratinho ou Rato, entre muitos outros. Semana retrasada provoquei o meu grupo: - Somos da geração de merda que colocou o PT no poder. Um grande amigo devolveu: - Rato, você é um merda, eu nunca votei no PT. O artilheiro 1551 da Tropa de Elite mandou um obus , acertou na minha pleura. Fez uma referencia ao ano de 1998, quando o diabo me fez votar no Olivio pra governador (O Colares foi uma bosta de governador: inchou o estado e mandou a Ford pra Bahia). Experiencia trágica, fez o pior governo do RS, embora seja uma exceção, um petralha que nuca roubou. Menos mal, nunca votei no PT para presidente. Abraços, Gustavo.

Data Venia .

Além d da imprensa chapa branca (já esperado), teve a surpreendente e inexplicável indiferença de alguns blogs independentes pela Marcha do Movimento Brasil Livre. O mais revoltante, entretanto, foi o COMODISMO dos brasilienses. Se eu morasse em Brasília, não deixaria de acompanhar o MBL de jeito nenhum, mesmo sendo dia útil e tendo uma greve repentina dos motoristas de ônibus (maldito sindicato a serviço dos petralhas). Participei da manifestação de 15/3 e também estive na de 12/4. Só não fui a Brasília por falta de grana. Eles caminharam mil quilômetros, pelo amor de Deus! Mereciam uma acolhida muito mais calorosa dos habitantes da capital federal. Depois ficam cobrando mais combatividade da oposição nas redes sociais. Levantem a bunda do sofá primeiro!
1/2
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos do Puggina