Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

Artigos do Puggina

Voltar para listagem

RENAN NÃO!

por Percival Puggina. Artigo publicado em

 

Só um profundo respeito aos leitores, à democracia e à manifestação da vontade popular expressa no silêncio da urna – seja qual urna for – impede que este artigo inicie com impropérios. Confesso: vontade não faltou. Enfim, Renan Calheiros voltou ao Senado da República e, tão logo renovou o mandato, iniciou campanha para retomar a presidência da Casa.

Reeleito senador, Renan é problema alagoano; eleito presidente do Senado passa a ser problema nacional. Sua eleição ao posto entraria em profunda contradição com o desejo de desinfecção, de saneamento básico, de separação de material orgânico que o povo brasileiro manifestou nas eleições de outubro, e arma poderosa a serviço dos piores interesses que conspiram contra o novo governo.

Não sei quem foi o criador da expressão “extrema imprensa”, mas ela é perfeita para designar o coletivo dos meios de comunicação que operam como dedos das mãos e mãos dos braços da esquerda na imprensa nacional. Dado que para ela quem não é de esquerda é de extrema direita, parece adequado designá-la pelo nome de extrema imprensa. Dê, então, uma vasculhada no que tem sido dito pela extrema imprensa a propósito das pretensões do senador Renan. Veja se qualquer desses veículos apresentou algo sobre os 14 inquéritos a que responde o cidadão aspirante ao comando da Câmara Alta. Basta-lhe virar réu em qualquer deles para que, se eleito, volte a ser um presidente do Senado excluído da linha sucessória da presidência da República.

Beira ao escandaloso o fato de que sucessivas eleições e reeleições de Renan Calheiros para exercer o mesmo posto tenham dependido do sigilo do voto de seus colegas senadores, o que aponta o caráter obscuro dessas motivações. É uma espécie de voto inconfessável. Fica chato, pega mal, votar em Renan Calheiros. Sobre tudo cai o silêncio da extrema imprensa, mais preocupada com as visões de uma criança abusada, com a promoção de um funcionário de carreira do Banco do Brasil e temas dessa magnitude institucional.

Parece óbvio que se a extrema imprensa ainda mantivesse o controle do direito de opinião, se a sociedade só ficasse sabendo o que ela escolhe divulgar e só pudesse ouvir as opiniões por ela emitidas, o resultado eleitoral nacional de outubro último teria sido bem diferente. A renovação da cena política brasileira foi possibilitada pelos smartphones e pelas redes sociais, que democratizaram o direito de opinião e deram voz ao povo.

A situação se repete. Se tudo ficar como está, com o noticiário comandado pela mídia extrema, interessada em criar todos os problemas imagináveis ao governo, são grandes as possibilidades de que o senador alagoano presida o Senado pelos próximos dois anos. Somente uma intensa mobilização, ao longo das próximas três semanas, através das redes sociais, poderá evitar a eleição de Renan, constrangendo seus pares a tomarem juízo e vergonha. #RenanNão

 

* Percival Puggina (74), membro da Academia Rio-Grandense de Letras, é arquiteto, empresário e escritor e titular do site www.puggina.org, colunista de dezenas de jornais e sites no país. Autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia; Pombas e Gaviões; A tomada do Brasil. integrante do grupo Pensar+.

 

Compartilhar

Comentários

flauri migliavacca .

Simplesmente Renan NÃO....RENAN NÃO..... Um pilantra e metido em roubos até o pescoço.

abigail lapo .

o" Renan" é o " fio" enferrujado" que continua atrapalhando e estragando,a boa comunicacao e o bom desempempenho da " nova política " Honesta" que precisa ser levada com honestidade e muita entre todos que querem trabalhar para que" BRASIL" saia do " buraco", que ele ajudou cavar !

Solange Luz Braga .

Prezado Percival, Comungo da sua repulsa e desejo que os brasileiros gritem “ não para Renan”. Mas, quero apontar um “MUITO ESTRANHO” aceno do sr Collor para Lidemberg e Cristóvão... Pode ser que o “vento” sopre para estas “ bandas” ( que é tudo do mesmo saco), e nós , ingênuos, ainda vamos dizer: “que alívio que Renan não será presidente do Senado”... Já pensou? ???

Dagoberto Lima Godoy .

Palmas ao Senador Lasier Martins, que briga para impor a votação aberta. Se fechada, será enorme o perigo da eleição do facínora.

FERNANDO A O PRIETO .

Parabéns por conseguir expressar tão bem o asco e o repúdio sem recorrer a palavrões, infelizmente tão comuns nesse nosso tempo, embora Renan e outros bem os merecessem! Mas seus leitores, que o admiram (entre os quais me incluo) não merecem, e são capazes de entender e acompanhar seu desgosto, mesmo sem eles... Infelizmente o voto popular trouxe esse indivíduo de volta. O povo nem sempre acerta, como sabemos... Mas, mesmo assim, ainda a democracia é o menos ruim dos modos de governar, pois permite que os erros sejam corrigidos sem grandes traumas. Lembremo-nos que Hitler foi eleito, que Lula foi eleito, e casos semelhantes ocorreram em que a escolha foi errada (por exemplo, ao escolher quem deveria ser indultado, entre Jesus e Barrabás, a multidão fez a pior escolha),.Enfim, que isso não nos desanime, pois, se a democracia é, às vezes, ruim, os outros regimes são piores ainda!

José Nei de Lima .

Isto é um verdadeiro deboche com acara do Povo brasileiro, sim aqueles que não votaram nele, mas ele presidente do senado federal, vai ser uma derrota para o povo brasileiro que espera por mudanças de rumo do País, acorda Brasil, um grande abraço meu amigo, seja o que Deus quiser amém.

Mila Kette .

Aqui nos US estamos muito contentes que os brasileiros também estão arregaçando as mangas para drenar o pântano da sem-vergonhice política no Brasil. Está muito difícil aqui, mas Donnie não relenta e o povo americano quer a limpeza total!

Marco Mesquita .

Se eles conseguirem emplacar o voto oculto, só tem uma forma de desmascarar esses canalhas, quem for votar contra a eleição do renan, declare seu voto, aí saberemos quem vota nele

Ilza .

Precisamos tirar dos cargos de mando desse país , pessoas envolvidas com falcatruas!! O Senhor Renan Calheiros está sob investigação judicial!! Conseguimos mudar a presidência do país, Sendo assim Vamos conseguir que os deputados eleitos pelo povo não se transformem em corja de falcatruas!! Se votarem contra o povo,Em um futuro próximo, O povo votara contra eles!!!

Carlos Edison Domingues .

PUGGINA O que podemos fazer para evitar que o Senado Federal se transforme no "Bordel de Renan" ? Carlos Edison Domingues

Dalton C. Rocha .

De Sarney a Temer e, passando por FHCannabis, Lula e Dilma, Renan Calheiros "apoiou" e depois traiu todos os presidentes da Nova República. Ver sites: ( https://www12.senado.leg.br/institucional/presidencia/noticia/renan-calheiros/renan-calheiros-recebe-ex-presidente-lula ), ( https://www12.senado.leg.br/institucional/presidencia/noticia/renan-calheiros/renan-calheiros-recebe-fernando-henrique-cardoso ), ( http://www.esquerdadiario.com.br/Agenda-positiva-de-Renan-Calheiros-propoe-fim-do-SUS-gratuito-e-e-elogiada-por-Dilma ), etc. Quando entrou na política, em 1978, Renan Calheiros era dono de um fusca. Sob Lula, Renan Calheiros já era um dos homens mais ricos de Alagoas. Resumindo tudo, Renan Calheiros é uma típica criatura do pântano político brasileiro. Bolsonaro deveria manter distância de tal péssima figura.
1/1
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos do Puggina