Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

BRASIL: ENTRE UM SUPREMO ESPÚRIO E UMA INCRÍVEL RECUPERAÇÃO LEGAL E ECONÔMICA.

por Oxford Group. Artigo publicado em

 

O Brasil tem tido uma recuperação incrível neste primeiro ano sob a nova presidência.

Os juros baixaram para 5% aa, a menor taxa em toda sua história. A Petrobrás, maior empresa petrolífera da América Latina, recuperou-se de todas as tragédias decorrentes da corrupção que marcam a estatal nos últimos 22 anos, com centenas de bilhões de dólares desviados, teve um lucro de cerca de $4 bilhões, o melhor resultado de uma empresa brasileira na bolsa desde 1986.

A Eletrobrás, outra estatal, começou seu processo de desestatização, com um lucro de $1. 5 bilhões já no início deste segundo semestre. O Banco do Brasil, que quase foi dizimado pelos financiamentos políticos, voltou a lucrar, com um valor líquido de mais de $1 bilhão até este momento. Vale destacar que estas três estatais juntas em 2015, durante o governo da Sra Dilma, tiveram juntos um prejuízo de cerca de $15 bilhões.

A construção cível captou mais de $1 bilhão para o setor de construção civil que deve trazer a recuperação ainda este ano. A produção de leite e ovos bateu recordes históricos. O Brasil produziu 33.8 bilhões de litros de leite este ano, com 1.6% a mais. Vale considerar que se sai de uma significativa queda de 1.1% em 2017. A quantidade de ovos já superou 4 bilhões, o que se identifica outro recorde histórico. Para dinamizar a economia, o governo zerou os impostos de 532 produtos da área de informática, antes protegidos para dar vantagens, em geral, empresas ligadas aos governos anteriores. O turismo volta a atrair visitantes ao Brasil, com um faturamento recorde de $35 bilhões, o que gerou cerca de 25 novos empregos apenas nos meses de junho e julho.

Com o combate a corrupção no INSS (serviço de saúde público) poupou mais de $1 bilhão apenas nos primeiros meses a chamada operação “pente-fino”. Na área criminal, com a liderança do atual ministro da Justiça, Sergio Moro, temos números, realmente extraordinários, mesmo com o Congresso boicotando a nova legislação criminal do país.

Um recorde na apreensão de cocaína, que atingiu 60,7 toneladas até o momento em 2019, que podemos comparar com cerca de metade apreendida em 2018 (38,5) e se, observamos os números de 2013 à 2017, a média mal tangenciava 20 toneladas, mostrando uma atuação real do governo atual na repressão contra uma conivência “estranha” havida nos governos anteriores , que dominava a clara relação política com o narcotráfico.

Apenas no primeiro trimestre deste ano os roubos a instituições financeiras caíram 41% os de cargas 38% e o veículos 30%.

As mortes violentas apenas, também no primeiro trimestre caíram 22%. Em termos de assassinatos, no primeiro semestre caíram de 27.371 no ano anterior para 21.289 neste ano.

Do ponto de vista social, nunca um governo esteve não atento a questão da saúde. Concedeu, por exemplo, pensão vitalícia a crianças que tiveram a infelicidade de contrair microcefalia, doença que se espalhou no Brasil por inércia e incompetência de governos anteriores. Ainda há um grande caminho a percorrer para recuperar estas mais de duas décadas de governos socialistas e, infelizmente, corruptos. A Reforma tributária, da administração pública e outras terão que romper as resistências corporativas e de setores altamente oligopolizados. Estes são grandes desafios a serem enfrentados.

Seguramente os grandes entraves estão num Supremo Tribunal politizado que muda o entendimento constitucional de acordo com a conveniência dos presidentes que os nomearam e um Congresso, extremamente coorporativo, com grandes vícios do passado, com o hábito de “negociar“ cada questão, para benefício do parlamentar.

São problemas que infelizmente ocorrem em países em desenvolvimento da America Latina. Mas, as perspectivas são alvissareiras num futuro a médio prazo a não ser que ocorra uma recaída como na Argentina, o que é pouco provável porque a economia tende a melhorar.


*Publicado originalmente em http://oxfordusa.com/brasil-entre-um-supremo-espurio-e-uma-incrivel-recuperacao-legal-e-economica/