Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

EBCT, UMA EMPRESA CANIBALIZADA

por Percival Puggina. Artigo publicado em

 

 Os Correios não são nossos. Como quase tudo que é estatal, os Correios não são nossos. Pertencem a seus cem mil servidores que, por sinal, não têm qualquer dúvida sobre tal posse e sobre os direitos que dela advêm. Enquanto isso, encomendas que enviei e encomendas que deveria ter recebido contam meses de atraso!

 O Diário do Poder, em sua edição de hoje, informa que enquanto o prejuízo da empresa chega a quase R$ 2,5 bilhões, a greve de seus servidores continua como se uma situação nada tivesse a ver com a outra. Eles têm “direito” a 2/3 do salário como abono de férias (o dobro dos demais mortais) e, mesmo em férias recebem auxílio alimentação de R$ 1 mil. Quem trabalhar em dia de repouso ganha um adicional de 200%.

 Isso tudo leva a uma folha salarial de R$ 12 bilhões.

E ainda há quem sustente a ideia de que a empresa não deve ser privatizada. Uns, por interesse político, parasitam habitualmente empresas estatais; outros cometem e equívoco de ver a árvore da empresa e não ver a floresta dos serviços mal prestados em virtude de sua condição estatal e correspondente canibalização.