Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

EMBAIXADOR ALEMÃO SE APRESENTOU PARA DAR CONSELHOS AO BRASIL

por Percival Puggina. Artigo publicado em


Leio no Diário do Poder

O embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, se reuniu hoje (21) com o presidente em exercício, general Hamilton Mourão, no Palácio do Planalto. A pretexto de “colaborar para a reputação” do Brasil” no exterior, o diplomata foi a Mourão dar palpites sobre a vida alheia. Para ele, é “necessário” que o governo federal detalhe seus planos sobre mudanças climáticas, direitos humanos e reformas.

 

COMENTO

 Há muito tempo venho escrevendo e denunciando a articulação da esquerda globalista mundial no jogo lá e cá. A esquerda de cá manda suas “interpretações” para lá. A esquerda de lá as repercute internacionalmente através de seus veículos. A esquerda de cá, noticia as manifestações de lá como sendo “opinião pública mundial”. Para dar seriedade aos conteúdos e às avaliações, periodicamente, Dilma Rousseff e outros talentos da política nacional viajam ao exterior e subscrevem essas “intepretações”.

A receita funciona há mais de um século, mundo afora, onde estiverem em dificuldades partidos, movimentos e líderes de esquerda. Para atuar no processo, não faltam veículos nem supostas celebridades que, por sua vez, nascem e se afirmam mediante reverências e referências comutativas. Uma mão louva a outra e as duas lavam biografias.

Essa flagrante intromissão do embaixador da Alemanha não tratou de coisa alguma relevante ao Brasil. Fixou-se, exclusivamente, em pautas do globalismo, erguidas, por conta própria, a um patamar de superioridade moral que dificilmente resiste a um bom exame de consciência.