Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

MAGALU, BAYER, NETFLIX E O UPGRADE DO POLITICAMENTE CORRETO

por Percival Puggina. Artigo publicado em

Coincidência? Não creio. Trata-se, de fatos desencadeados. No último dia 19, publiquei pequeno texto com título “A Netflix quer sair do mercado?”. Abordei, ali, o total alinhamento da empresa com a agenda globalista e em belicoso antagonismo com verdades, princípios e valores que orientam os conservadores em sua desarticulada resistência.

Na ocasião, respondi assim à pergunta do título, que questionava o fato de a empresa desagradar todos os seus clientes conservadores: “(...)a esquerda internacional descobriu que pode desempenhar seu papel na direção do poder global e, ao mesmo tempo, fazer sua propaganda sem que ela afete negativamente posição no mercado. Esse duplo objetivo se viabiliza se todas as empresas forem pressionadas a adotar a mesma linha e os consumidores induzidos a pôr em dúvida a ética das organizações que não o façam. É o primeiro upgrade do politicamente correto”.

Pois eis que, simultaneamente, Magazine Luiza e Bayer divulgam seus programas de trainee apenas para negros, recebendo apoio generalizado da grande mídia militante. Assim, em breve, quem não fizer estará sendo racista e atrairá sobre si a rejeição do mercado. É a Razão virada pelo avesso, com as costuras de fora, sem contestação.

Terríveis as consequências a que se poderá chegar nesse upgrade do politicamente correto.