Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

MAIS MÉDICOS E MAIS DIGNIDADE HUMANA

por Percival Puggina. Artigo publicado em

 

 O anúncio de que a ditadura cubana não imporá mais suas regras ao Brasil incomodou o governo da ilha. O futuro presidente comunicou que a remuneração passará a ser creditada diretamente aos profissionais, que se submeterão ao Revalida, que suas famílias serão bem recebidas no Brasil, que quem quiser ficar e quem pedir asilo será acolhido.
 É incrível que o governo petista tenha concordado com essa exportação de mão-de-obra para serviço escravo, com os médicos recebendo 0,283 dos R$ 11.450,00 que programa paga a Cuba através da Organização Pan Americana de Saúde (OPAS), que se presta para isso.

 Entre 2011 e 2016, 457 médicos cubanos conseguiram revalidar seus diplomas no Brasil. Como são mais de 10 mil os profissionais daquele país lotados no Mais Médicos, e percebe-se que há problemas de qualificação. Por isso, os médicos cubanos atuam com licença provisória.

Se o montante gasto com o Mais Médicos for destinado aos profissionais, em vez de financiar a ditadura – onde se tornou o principal item de sua miserável pauta de exportações! – não faltarão médicos brasileiros e dos países vizinhos que se habilitem ao atendimento da demanda.