Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

REVOLUÇÃO GIRASSOL

por Movimentos Cuba em Crise e Cuba Decide. Artigo publicado em

 

Nota do editor: Em Cuba, a crise de alimentos é habitual, mas o país vive, agora, uma crise de alimentos dentro da crise habitual. Por isso, pede ajuda humanitária a outros povos. Os alimentos chegam e o regime os retém nas aduanas. A população com fome, protesta e pede socorro.

Intensa mobilização libertadora tem início em Cuba.

Convidamos todos os cubanos, onde quer que vivam, a se unirem às ações cívicas em apoio às demandas das plataformas “Cuba em Crise”, pela Liberação da Ajuda Humanitária, e “Cuba Decide”, por uma mudança democrática.

Durante o mês de setembro, quando celebrarmos a festa da padroeira de Cuba, María de la Caridad del Cobre, os cubanos dentro e fora da Ilha estaremos desenvolvendo várias ações não violentas em uma firme rejeição à tirania castro-comunista e suas políticas geradoras de violência, profunda miséria, injustiça e opressão.

Convidamos todos os participantes da iniciativa Solidariedade entre Irmãos a aderirem às ações que exigem a liberação das doações arbitrariamente retidas pela ditadura.

Convidamos todos os promotores e partidários da iniciativa Cuba Decide a exigir publicamente que a ditadura se submeta à vontade pública e saia do poder, dando lugar à mudança política na Ilha, única solução definitiva para a crise que atravessa o país.

Convidamos todos os cubanos de boa vontade a aderir às ações da Revolução Girassol, exigindo seus próprios pontos ou fazendo eco a uma ou a ambas as reivindicações anteriores.

Em particular, este dia, 8 de setembro, foi escolhido como o dia da Revolução do Girassol, comemorando o 8 de setembro de 2019, quando centenas de cubanos participaram da Marcha do Girassol em defesa dos direitos humanos e da liberdade de todos os presos políticos.

Entre as ações que propomos e que já começamos a realizar com a mensagem e demandas da Revolução Girassol, estão:
• Identifique a frente de nossas casas com um girassol ou uma fita amarela.
• Saia às ruas, parques e outros locais públicos usando girassóis físicos ou estampados, vestidos de amarelo, ou com uma fita amarela no braço ou no pulso, para divulgar a mensagem e as demandas da Revolução do Girassol e convide cidadãos a aderir.
• Divulgue nas ruas e nas redes sociais esta convocatória, bem como vídeos e fotos das atividades que desenvolvem, com a etiqueta # RevoluciónDeLosGirasoles, acompanhada das etiquetas #CubaEnCrisis, #LiberenLaAyuda, #CubaDecide, #CambioDeSistema, ou a editora que funcionar melhor expressar sua demanda.
• Faça graffiti em paredes e paredes de propriedades sob o controle do Estado Totalitário.
• Cole mensagens em paredes, paredes, janelas ou veículos de propriedade do Estado Totalitário.
• Distribua folhetos em locais públicos, em filas e em locais tão lotados quanto possível.
• Demonstração no dia 8 às 10h, com um girassol ou uma fita amarela no parque principal da nossa vila ou cidade. Cumprir com responsabilidade as regras de distanciamento social e o uso da máscara.
• Manifestar-se na frente de embaixadas do regime ou outros lugares significativos fora de Cuba.
Ao longo do dia 8, estaremos transmitindo ao vivo no YouTube e Facebook de Cuba e de várias cidades do mundo, diferentes momentos das atividades da Revolução Girassol com eventos especiais das 9h00 às 13h00. 16h00 às 21h00

Queremos e lutamos para que Cuba seja uma sociedade justa, próspera e feliz, de cidadãos livres, com igualdade de oportunidades e igualdade perante a lei.

2 de setembro de 2020.
Promotores da Revolução Girassol.


 *Traduzido do espanhol pelo editor do blog.