• Percival Puggina
  • 09/04/2021
  • Compartilhe:

ESTÁ FALTANDO TESTOSTERONA NO CONGRESSO

Percival Puggina

 

         Em nova decisão monocrática, o STF invade competência de outro poder mediante decisão monocrática de um de seus membros. Não lhes basta interferir na política nacional segundo um ativismo nunca antes visto. Não lhes basta a toda hora largarem de mão o carro de bombeiro e botarem fogo no circo. Não lhes basta emitirem opiniões pessoais destemperadas e desbragadas,  como se fossem líderes mal educados de facção política. Não lhes bastam os votos ridículos recheados de adjetivos e interjeições. Querem, mesmo, desestabilizar o país interna e externamente.

         Quando os deputados federais mantiveram a absurda prisão do colega preso de modo totalmente irregular, assustados talvez porque o ministro Alexandre mostra os dentes quando fala (vá que morda), o problema de que trato aqui começou a se evidenciar. Colhe-se aquilo que se semeia e nada mais.

Neste momento, dezenas de pedidos de pedidos de impeachment se amontoam nas duas casas do Congresso. No Senado, especificamente, há CPIs contra o presidente e pedidos de impeachment contra ministros do STF. Recentemente ingressou um contra Alexandre de Moraes com quase três milhões de assinaturas populares. E nada!

         Ah! – dirá alguém – o ministro atendeu à Constituição, que manda instalar as CPIs quando os três requisitos nela alinhados são atendidos. É verdade. Mas não tem sido assim. E é bom que não seja porque, se fosse, o Congresso não cuidaria de outras coisas, pois sempre existe um terço das Casas querendo desfrutar de alguém no paredão dos interrogatórios e impropérios. A matilha, quando longe do poder, está sempre ouriçada. Danem-se as consequências internas e externas da instabilidade política. O nome disso é irresponsabilidade.

         Ademais, como bem disse o dócil Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, não há como fazer uma CPI em sessões virtuais. Aliás, em sessões virtuais o Congresso tem aprontado cada uma!...

         Parece evidente, ao menos para mim, que está faltando ao Parlamento, doses de reforço daquele hormônio próprio da masculinidade, a testosterona, que responde por algumas características do macho na espécie humana. Nada contra as senhoras congressistas, mas já passou da hora de alguém bater na mesa. É do parlamento a ação prioritária para isso. E não é necessariamente do seu presidente que até agora só mostrou altura e voz grossa. É atribuição do plenário, que, aliás, já fugiu de votar a lava-toga.  

         Por que não andam os pedidos de impeachment dos ministros do STF que se acumulam no Senado? Por que nenhum senador atravessa a rua e cobra do Supremo atitude simétrica, desta feita contra eles mesmos?  

         São perguntas que vejo sem resposta nesta manhã do dia 9 de abril, quando sinto cada vez mais evidente a consigna “Acuse-os do que faz”, a que me referi quando abordei o plano golpista que as forças militantes da mídia e da oposição, atribuíam ao presidente.

 

Percival Puggina (76), membro da Academia Rio-Grandense de Letras e Cidadão de Porto Alegre, é arquiteto, empresário, escritor e titular do site Conservadores e Liberais (Puggina.org); colunista de dezenas de jornais e sites no país. Autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia; Pombas e Gaviões; A Tomada do Brasil pelos maus brasileiros. Membro da ADCE. Integrante do grupo Pensar+.


Auto Posto Baruk Ltda -   19/04/2021 18:30:05

Se fizerem uma lei que crime de corrupção, de desvio de dinheiro publico não prescreve já ajuda a mudar o quadro da impunidade. Evidente que precisamos também acabar com o foro privilegiado, que nada mais é que o ALVARÁ PARA A CORRUPÇÃO.

Auto Posto Baruk Ltda -   19/04/2021 18:28:11

Realmente falta testosterona e sobra RABO PRESO. Infelizmente o foro privilegiado é o ALVARÁ PARA A CORRUPÇÃO PARA A ROUBALHEIRA, e o RABO PRESO é a certeza da impunidade. Cuida do meu rabo que cuido aqui do seu. ............

frederico mendonça de oliveira -   13/04/2021 17:51:54

É isso tudo e mais alguma coisa, mr. Puggina. Não há como discordar de qualquer afirmação sua. Mas falta dizer que esses parasitas estão perfeitamente de acordo com a situação como ela está, e não querem saber de mudar COISA NENHUMA. São fisiológicos sem caráter, a religião que eles seguem com fervor é ACOMODAÇÃO E SUBSERVIÊNCIA!

Dirceu Guerra -   12/04/2021 14:42:06

Tudo certo Puggina. Comungo de suas palavras. Mas enquanto os eleitores colocarem como seu representante pessoas com moral abaixo da sola do chinelo, não haverá uma mudança disso que está aí. Quero saber quantos senadores terão o culhão para ir ao outro lado da rua mostrar o que pensam seus eleitores, se a maioria dos mesmos está com problemas com a justiça?

Sayd Santiago -   12/04/2021 14:11:33

Há algo não sabido pelo povo desta grande nação que amarra e deixa de joelhos o Congresso Nacional conquanto os manifestos arroubos do STF.

Luzia Maria Ribeiro Bastos. -   10/04/2021 17:11:40

#FECHADOCOMBOLSONARO.

Manoel Luiz Candemil -   10/04/2021 11:11:42

Pois é, Puggina, concordo que há falta de testoterona no Congresso. Contudo, a mesma situação ocorre com o Poder Executivo. No que tange à utilização das Forças Armadas, o fundamento constitucional não é unicamente o art. 142. O art. 84, inciso XIII, com muito mais propriedade, confere o comando supremo ao Presidente da República. Do jeito como estão sendo praticados os atos prejudiciais ao governo federal, já deveria esse comando ter sido exercido.

Adelaide Sarmento Porto -   10/04/2021 10:40:06

Ah , graças a Deus que Puggina é um Escritor lúcido e faz os Comentários com Conhecimentos inigualáveis com isso traz ao POVO , análises Didáticas , que esse mesmo POVO , precisa ter sobre os bastidores da política do descarrilhado congresso nacional . O Congresso brasileiro parece mais Trem descarrilhado .

Monica Drummond Villaça -   10/04/2021 09:33:51

#STFVergonhaNacional #ImpeachmentAlexandreDeMoraes

Marcela Bencke -   10/04/2021 09:06:03

Concordo plenamente com o comentário

Ademir Felipe -   10/04/2021 07:29:48

O presidente do senado mostrou quem manda no senado. É o stf.(minúsculas mesmo).

Jorge Alberto -   10/04/2021 02:46:42

Nunca vi tanto rabo preso. É tanto rato nesse Congre$$o e $TF que querem a qualquer custo fatiar o queijo. Melhorar o país jamais. Só tratam , desde que Bolsonaro foi eleito presidente, assuntos de seus interesses, nunca do povo.

Lenice Arruda -   09/04/2021 23:46:24

Acho que de fato , falta testosterona , e outro tanto de vergonha na cara , mas em compensação , sobra rabo preso de montão ...

Francisco VASQUES -   09/04/2021 23:04:42

Falta testosterona, mas principalmente CARÁTER E VERGONHA NA CARA.

Vicente Lino -   09/04/2021 18:11:42

Falta testosterona sim! Mas o pior é que sobram má-fé, incompetência e a defesa de interesses inconfessáveis.

Samuel dos Santos Cornélio -   09/04/2021 17:34:32

A mim, parece que a mudança dos presidentes da câmara e do senado anteriores para os atuais, foi testosterona por estrogênio.

Eloi Paiva -   09/04/2021 17:28:54

Mais verdadeiro que isso não existe...

Valdomiro -   09/04/2021 14:15:06

Aos seres humanos importa DIGNIDADE aos animais apenas O PASTO

José Conrado de Souza -   09/04/2021 12:02:09

PARALISAR O CONGRESSO É PREJUDICAR A LUTA CONTRA O COVID O pior que podia acontecer ao Brasil é paralisar o Congresso com várias reformas de grande importância para a economia do Brasil, que devem ser analisadas e aprovadas para enfrentar a crise da pandemia do covid. Não sei quem aconselhou o ministro Luís Roberto Barrosoa a OBRIGAR o presidente do Senado a instaurar a CPI do Covid, que muitos acham que tem por objetivo atender ao poder corrupto, que tenta voltar, e quer deputados e senadores debruçados em omissões do governo Federal no combate à pandemia, não votando as reformas que são importantes para o Brasil. Eu não tenho dúvida de que o ESTADISTA não tomou uma FORTÍSSIMA medida arrasadora contra ministros do STF porque não queria paralisar o Congresso em um momento que deputados e senadores precisam debater as reformas importantes para a economia do Brasil, mas, já que o STF decidiu interferir em outro poder, e paralisar as votações da reformas, não há mais motivo para que o ESTADISTA e Presidente Bolsonaro deixe de determinar ao AGU que entre, junto ao STF, com ação direta de inconstitucionalidade, requerendo a imediata anulação da súmula vinculante de placar 6 a 5, por afrontar o artigo 103-A da Constituição, dando aos 11 ministros do STF prazo de 5 dias, para que determinem imediato retorno do LADRÃO LULA e centenas de outros marginais de alta periculosidade que foram soltos da cadeia IRRESPONSAVELMENTE por Juízes obedecendo aos ministros do STF, colocando em perigo os brasileiros, os obrigando a conviver com tais marginais. Deve o AGU, ao mesmo tempo, entrar, junto ao Senado, com processo de impeachment contra os ministros que aprovaram a criação da súmula vinculante com placar de 6 a 5, INCONSTITUCIONAL, citando nominalmente cada um deles, devendo ser instalado, pelo presidente do Senado, no prazo de 5 dias, o processo de impeachment coletivo dos ministros que cometeram crime de responsabilidade, desrespeitando o artigo 103-A da Constituição do Brasil. E não sendo respeitados os prazos citados, o Presidente Bolsonaro fará uso do artigo 15 da Lei Complementar 97/1999, que regulamentou artigo da Constituição, e pode ser aplicado a qualquer momento, independente de consulta ao Congresso, por ser ato de responsabilidade do Presidente da República, como consta do texto a seguir: O emprego das Forças Armadas na defesa da Pátria e na garantia dos poderes constitucionais, da lei e da ordem, e na participação em operações de paz, É DE RESPONSABILIDADE DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA, que determinará ao Ministro de Estado da Defesa a ativação de órgãos operacionais, observada a seguinte forma de subordinação: § 1o COMPETE AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA A DECISÃO DO EMPREGO DAS FORÇAS ARMADAS, POR INICIATIVA PRÓPRIA ou em atendimento a pedido manifestado por quaisquer dos poderes constitucionais, por intermédio dos Presidentes do Supremo Tribunal Federal, do Senado Federal ou da Câmara dos Deputados. (Os grifos são meus) Se você concorda, dê um gostei, copie, cole e compartilhe muitoooooooooooo!

Hamilton Port -   09/04/2021 11:30:52

Mais uma vez, impudicamente, verga-se o Legislativo à uma tirânica decisão do Supremo, que através de um único de seus membros, acintosa e ilegalmente, ingere na exclusiva competência de outro Poder. Até quando o Brasil tolerará essa maldisfarsada ditadura da toga???? E já que o tema é de ordem médica, bom lembrar que nessa seara o entendimento é de que o órgão que não cumpre seus fins há de ser substituído ou extirpado, para que não prejudique o organismo como um todo, que deve funcionar harmonicamente. https://www.facebook.com/TVSenado/videos/445704603192205/