• Percival Puggina
  • 24/01/2021
  • Compartilhe:

O CONJUNTO DA OBRA

 

Percival Puggina

 

A mensagem que abri vinha do site O Antagonista, assíduo frequentador de minha caixa de e-mails, e reproduzia o título de capa da revista Crusoé desta semana. A revista, como se sabe, é ainda mais prolixamente antagonista do que o site e anda tão extraviada quanto o próprio Robinson Crusoé, personagem simbolicamente escolhido para lhe dar o nome.

A manchete dizia: “O impeachment entra na agenda”. Você entendeu, leitor? É preciso que o impeachment entre na agenda. Então, passam a escrever sobre o que não estava na agenda, como forma de fazer com que se torne assunto e se passe a falar de algo que sequer estava em cogitação, exceto em círculos de intriga, tramoia e conjura que conspiram nesse sentido. Um processo circular, muito bem pensado.

Nestes dias, jornais e TVs dedicadas ao jornalismo militante estão fazendo exatamente isso. Mas se você for olhar atentamente, verá que é tudo merengue, sem consistência. Se parar de bater, dessora e acabou. A mídia esconde tudo que é feito e bem feito, passa todo tempo falando mal do presidente e julga armazenar substância para derrubá-lo do poder. Não tem povo, não tem voto, não tem motivo. E querer não é poder.

O jurispetista versejador sergipano Ayres Britto, ex-ministro do STF, foi escolhido a dedo para ser entrevistado pela Folha de São Paulo na semana passada. Incumbido de trazer o impeachment “para a agenda”, ciscou ninharias, listou banalidades, abandonou verbos e substantivos, apelou para adjetivos, reproduziu fake análises e, na ausência de fatos, sugeriu um impeachment pelo “conjunto da obra” como ele a conseguia ver desde sua reduzida estatura.  

Conjunto da obra? Mas é exatamente pelo conjunto da obra que esse impeachment não conta com apoio popular e vejo o presidente com boas possibilidades de ser reeleito. Aliás, é o que mostram as pesquisas. É pelo conjunto da obra que a sociedade não confia no STF. É pelo conjunto da obra que ela não confia no Congresso Nacional. É pelo conjunto da obra que ela rejeitou nas urnas de 2018 os partidos que até então haviam arrastado o Brasil para o caos econômico, social e moral. É pelo conjunto da obra de desinformação que ela não confia na mídia militante. Não será por maus modos e frases mal construídas que haverão de destituir um presidente eleito com 57 milhões de votos.

Na introdução que escreveu para a coletânea de textos intitulada “Uma campanha alegre”, em que ele e Ramalho Ortigão corroeram, com a acidez do mais fino humor, as estruturas da política portuguesa, Eça de Queiroz afirmou: “O riso também é uma opinião”.

Onde a seriedade some, o ridículo assoma e o riso é um bom companheiro.

 

* Percival Puggina (76), membro da Academia Rio-Grandense de Letras e Cidadão de Porto Alegre, é arquiteto, empresário, escritor e titular do site Conservadores e Liberais (Puggina.org); colunista de dezenas de jornais e sites no país. Autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia; Pombas e Gaviões; A Tomada do Brasil pelos maus brasileiros. Membro da ADCE. Integrante do grupo Pensar+.


Carlos Edison Fernandes Domingues -   28/01/2021 20:17:14

PUGGINA! Parece que o mais difícil, na pretensão da esquerda, é escrever " impeachment", em folhas de papel, para encaminhar ao Congresso Nacional um pedido de afastamento do Presidente da República, eleito em sistema presidencial de governo. É tão fácil que o presidente da Câmara de Deputados imagina assustar informando que existem 48 pedidos pedidos protocolados; um ex-ministro do supremo se presta a dar entrevistas neste sentido. Lembro-me do ensinamento do Barão do Itararé, respondendo a filho que perguntou: " O que é o estado novo ? É o estado a que chegamos ! " "constituição cidadã " que não ensina a respeitar 58 milhões de votos. Alguma palavra em letra minúscula é porque, assim, a pessoa ou a instituição merece. Carlos Edison Domingues

luiz -   27/01/2021 22:38:37

Parabéns! Conseguiu resumir brilhantemente a situação.

Nara Rosangela -   27/01/2021 22:35:59

Maravilhoso texto, Puggina!

Sinclair Iyama -   27/01/2021 18:33:23

A postura da mídia ao melhor estilo "si hay gobierno, soy contra" mostra-se imatura, insegura, infundada. Tentam criar uma agenda de impeachment dado o desespero ao perceber que nas urnas não terão o êxito esperado. Forte abraço!

Romano G N G Allegro -   26/01/2021 21:59:29

Parabéns sempre pela sua postura em defesa do BRASIL E DOS BRASILEIROS DE BEM. ANTAGONISTAS SÃO “SEM NOÇÃO E SEM ÉTICA”

Romano G N G Allegro -   26/01/2021 21:58:26

Parabéns sempre pela sua postura em defesa do BRASIL E DOS BRASILEIROS DE BEM. ANTAGONISTAS SÃO “SEM NOÇÃO E SEM ÉTICA”

arno winter -   26/01/2021 12:05:19

Demaissssssssssss, meu caro Puggina ! Se esses tais "jornazistas" tivessem vergonha, falariam sobre tudo, menos politica, administração publica, ... Cumprimentá-lo pelo texto é reconhecer um trabalho sério e patriotico. Parabéns

Genivaldo Alberto Custódio -   26/01/2021 11:07:28

Os tolos da mídia, embalados por tolos de outros meios, todos abstêmicos de verba pública e com a bocarra aceitando verbas de outras fontes para denegrir, achincalhar e abusar da boa-fé do povo brasileiro, pensam que falam por todos quando "colocam na agenda" o impeachement. Idiotas! Ficam falando sozinhos. Se for preciso, multidões sairão às ruas para defender Bolsonaro e colocar estes interesseiros nos seus devidos lugares.

Luiz Eduardo Paes Leme -   26/01/2021 11:01:49

Mestre Puggina, seria cômico se não fosse trágico.

Luiz Alberto -   26/01/2021 10:56:17

Parabéns. Cada vez mais precisamos de articulistas decentes que repercutam o verdadeiro Brasil.

Albenzio j f souza -   26/01/2021 07:36:10

Simplesmente brilhante.

Isabel -   26/01/2021 00:34:47

Parabéns!!! O Sr representa-me!!! Suas colocações sempre límpidas e coerentes como devem ser de um patriota honrado. Abraço ????

Menelau Santos -   25/01/2021 22:35:12

Bravo professor! O Sr. usou o veneno da cobra para lançar o antídoto! É pelo conjunto da obra que não queremos PT, PSDB, PSOL, PC DO B, ou o comunismo seja em qualquer de suas caras (socialismo, esquerdismo, fascismo).

Arlete Garcia Lopes -   25/01/2021 22:06:45

Perfeito! Se pelo menos 20% da população se interessassem por leituras sadias, verdadeiras como essas o Brasil seria outro pais.

José Reinelli -   25/01/2021 19:12:45

Tenho a impressão que a articulação PT /MDB / DEM / GLOBO para a presidência da Câmara tem mais cheiro de impedimento do que qualquer outra coisa

rose luci da costa pereira -   25/01/2021 18:45:27

Excelente artigo

Joaquim -   25/01/2021 17:58:31

Texto perfeito

André Ambrosio Abramczuk -   25/01/2021 16:57:38

Como querer sistema democrático funcionando tranqvilamente se toda vez que não concordo com a ação da autoridade quero depô-la? Ora, o tal do impíchiment está previsto na Constituição! Mas esses deblateradores catastrofistas falam em impíchment a cada espirro que o Presidente dá sem cobrir o nariz. Ora, em nada anticonstitucional ou inconstitucional constando contra o Presidente, a tolerância democrática é de quatro anos. Eu votei no Bolsonaro em segundo turno para evitar o poste do Lula, estou profundamente decepcionado com muitas atitudes e palavras do capitão paraquedista, mas não fico pedindo aos quatro ventos que ele seja deposto. Aguardo 2022 para o revide.

joao carlos biagini -   25/01/2021 16:46:47

Então, vamos rir. Melhor, gargalhar!

Lidiane -   25/01/2021 15:21:05

Texto maravilhoso!!! Obrigada por compartilhar!!!

Luis Roberto Ponte -   25/01/2021 15:03:52

Puggina, primoroso, como sempre. Temos de ampliar posições racionais estabelecendo o contraponto da verdade às mentiras e distorções que tomam uma dimensão muito preocupante que já não percebidas por pessoas de reputação e formadoras de opinião, que fecharam o celebro até para enxergar o óbvio, fruto de uma lavagem cerebral promovida pela repetição inimaginável da quase totalidade dos meios de comunicação tradicionais.

NELSON J M DE OLIVEIRA -   25/01/2021 15:01:57

Lucidez, objetividade e sobretudo verdadeiros os textos. Obrigado PUGGINA, faz bem a alma ler os seus comentários

João Salles -   25/01/2021 13:53:58

Seu texto é brilhante, cirúrgico e retrata a verdade política do momento. Parabéns!

Raul Iserhard -   25/01/2021 12:45:32

Sem considerar a derrota significativa nas eleições de 2020 para os municípios.

Jose Mario Carvalhal de Oliveira -   25/01/2021 10:39:44

Professor, o desespero bateu na porta da esquerda, O Bolsonaro conta com grande apoio popular e, se Deus permitir, será reeleito . Ademais, a oposição não conta com nenhum nome de peso para disputar a eleição presidencial. Forte abraço e parabéns pelos conteúdos publicados.

José Pedro Granero -   25/01/2021 10:27:12

Perfeito como sempre tem sido seus esplêndidos textos publicados, Senhor Escritor Percival Puggina. Permita-me assim mencionar: Sim, é pelo conjunto da obra que a Justiça Brasileira, encaminhou-se ou já foi para o ralo em seu natural descrédito para o cidadão honrado, que ainda existe em pequena escala neste país, onde apenas percebe-se ou distingue-se verdadeiras castas em sórdidos e elegantes prédios de nossa Capital Federal - Brasília (DF), com privilégios, benesses, regalias e visíveis interesses agrupados, cujo objetivo maior resume-se, em salvar a pele daqueles seres humanos que ao longo da história se locupletaram de forma ilícita e acintosamente vergonhosa, neste país sob o manto da impunidade.

Amauri Bezerra de Oliveira Luz -   25/01/2021 09:32:15

Obrigado, Percival Puggina, pela sábia precisão com que você expõe, em pequeno texto, todo o cinismo e canalhice dessa corja composta por gente de caráter zero, que, devida e criminosamente organizada, age dia e noite para destruir um homem honrado, que se atreveu, com risco à própria vida, a resgatar o Brasil, há décadas "tomado por maus brasileiros". Sou seu leitor e admirador. Amauri Luz.

Dagoberto Lima Godoy -   25/01/2021 08:59:09

Muito bom, como sempre,

Roberto Fratton -   25/01/2021 08:02:35

Muito bom texto sr Puggina. Parabéns.

Balduino Cezar Rabelo -   25/01/2021 06:47:04

Objetivo, lucido, verdadeiro, consistente!

Cristina Jardim -   25/01/2021 06:43:07

Excelente análise... Percival Puggina, já tive o desprazer de ver uma infestação de baratas... ???????????????????????????