Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

Artigos de outros autores

Voltar para listagem

SINTO-ME EM CASA NOVAMENTE

por Cel. Avi. Jorge Schwerz. Artigo publicado em

Sinto-me em casa novamente...
Os aromas da minha terra,
Os gostos da nossa cozinha,
Os rostos da nossa gente,
O maravilhoso pôr-do-sol às margens do Guaíba,
A correria do mercado municipal e o aroma da erva-mate fresca nas suas bancas...bahh!
Voltei para a minha casa, voltei para o Rio Grande do Sul!
Rir em gaitadas do “Guri de Uruguaiana”... um bom grenal...isso sim, é ouvir a voz da nossa casa!
Sentir o friozinho do inverno, acompanhado do bom vinho desta terra... sem falar do pinhão!
O calor do nosso verão com a nossa cerveja...bahh, é “loco de bom!”
Chimarrão?! Em dias quentes e frios, certamente!!!
Que saudades que eu tava daqui!
Foram 44 anos longe de casa, 35 dos quais servindo ao Brasil nas asas da Força Aérea Brasileira. Foi um tempo que me permitiu conhecer o Brasil e o Mundo, mas a sensação de estar em casa, somente esta terra me traz...
A emoção carrega os aromas do queijo colonial, o pão caseiro, a cuca e o keschmier que meus pais preparavam quando eu era criança. Parece que consigo sentir o gosto de tudo isso, novamente...
E foi com eles que aprendi a primeira lição para unir a família: um bom churrasco de domingo, de preferência, assado na sala de casa (isso só por aqui, mesmo!)
Este texto não deixa de ser uma resposta às muitas dúvidas dos amigos: mas e a violência? a cidade não está toda esburacada? e a sujeira das ruas?
Pois é! Tendo morado fora do meu estado natal e, até no exterior, posso ver os problemas de uma perspectiva diferente e enxergar soluções...
E que casa não precise de um conserto?...um cantinho para limpar?
Porto Alegre já foi referência como capital...
Mais do que nunca, usemos as eleições deste novembro para colocar a casa em ordem.
Os fundadores dessa terra, guerreiros e guerreiras, nos deixaram os ensinamentos para trazer a felicidade para este chão: lembremos do “20 de setembro, o precursor da liberdade” e,...”mostremos valor, constância”, pois “povo que não tem virtude, acaba por ser escravo” para que “sirvam nossas façanhas, de modelo a toda terra!”
Guerreamos para ter a nossa casa e continuaremos a batalha para livrá-la de bandoleiros.
Essa luta tem o cheiro da nossa casa!
Sinto-me em casa, novamente, tchê!


Jorge Schwerz é Coronel Aviador da Reserva da Força Aérea Brasileira; Mestre em Ciências pelo ITA; ex-Adido de Defesa e Aeronáutica na França e Bélgica; e Coordenador do Blog Ao Bom Combate!
 

Compartilhar

Artigos de outros autores