Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

A MINISTRA DAMARES E AS VÍTIMAS DO MÉDIUM JOÃO TARADO

por Percival Puggina. Artigo publicado em

 

Leio de Claudio Humberto, no Diário do Poder

A ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) enviou equipe a Abadiânia (GO), cidade do médium João de Deus, para saber como está o acompanhamento às pessoas que o denunciaram por abuso sexual. Isso surpreendeu Rodrigo Luiz Jayme, delegado que investiga o caso. Ele relatou que visitas do pessoal de direitos humanos são sempre para verificar a situação do preso, nunca das vítimas.

 

COMENTO

Andou muito bem a ministra, o delegado observou com precisão o significado do acontecimento e Claudio Humberto em poucas linhas, revelou o talento que o situa entre as grandes figuras do jornalismo nacional. Fisgou o peixe certo da informação.

Pessoalmente, me recuso a chamar aquele indivíduo de João “de Deus”. João do Diabo ainda é pouco para ele.
Quanto à atitude da ministra é mais um sinal de janelas abertas à aragem de mudanças que percorre o país. A principal atenção deve ser dada às vítimas. É sobre elas, tombadas, física ou moralmente, que se deve curvar o Estado em atenção e zelo eficiente. O depoimento do delegado, contudo, não deve sobrecarregar muitas consciências porque esse peso só incide sobre quem tem uma.