Puggina.org by Percival PugginaConservadores e Liberais

LAVA-JATO CUMPRE MANDADOS NAS CASAS DE MINISTRO DO TCU E DE DEPUTADO FEDERAL DO PT/RS

por Percival Puggina. Artigo publicado em

Aprendi de criança o quanto é grave fazer mau juízo. Então, não faço. Reproduzo esta notícia nacional por sua gravidade e porque a operação, como não poderia deixar de ser, decorreu de uma autorização fundamentada do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF.

 Além da importância do fato em si, destaca-se isto que transcrevo do noticiado pelo Diário do Poder:

De acordo com documento da Procuradoria-Geral da República, a busca e apreensão deflagrada nesta manhã tem como objetivo “coletar elementos probatórios comprobatórios da obstrução dos trabalhos da CPMI da Petrobras, mediante favorecimento de empresários que deixariam de ser convocados a depor”.

Revela-se, aqui, a extraordinária perversidade sob investigação. A Frente Parlamentar do Crime, que constitui, visivelmente, o mais numeroso grupo de parlamentares em operação no Congresso Nacional, chegou ao ápice do refinamento. Depois de armarem o esquema de milionários pixulecos na Petrobrás e outras estatais, depois de vandalizarem a empresa de inúmeras maneiras, quando criada uma CPMI para investigar tais crimes, montaram um balcão de negócios para assaltar quem estivesse interessado em se evadir de interrogatórios constrangedores. Uns propunham as convocações e outros vendiam os votos para reprová-las nas deliberações de plenário.
Meliantes!

Acrescenta ainda o Diário do Poder:

Delcídio do Amaral, revelou, em sua colaboração premiada, que a CPMI da Petrobras foi utilizada para fazer negociatas. O relato do ex-parlamentar petista foi confirmado por outros delatores, como os lobistas Júlio Camargo e Augusto Ribeiro de Mendonça Neto e executivos das empreiteiras Camargo Corrêa e Andrade Gutierrez, além de depoimentos de dirigentes da construtora Engevix.